SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Deputados criticam restrição a entidades emissoras de carteira estudantil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/07/2013 10:55

Agência Câmara

Deputados querem retirar a previsão, pelo Estatuto da Juventude, de que as carteiras de identidade estudantil (que dão direito a meia-entrada em cinemas e eventos culturais) serão elaboradas preferencialmente pela Associação Nacional de Pós-Graduandos (ANPG), pela União Nacional dos Estudantes (UNE), pela União Brasileira dos Estudantes Secundaristas (Ubes) ou por entidades a elas vinculadas.

O deputado Onyx Lorenzoni (DEM-RS) disse que essas entidades não são as únicas representativas dos estudantes e, portanto, não podem ter o monopólio das carteiras estudantis. "Queremos liberdade aos grêmios e associações estudantis para emitir documento que, pelas regras, vão dar acesso aos eventos culturais", afirmou.

A deputada Alice Portugal (PCdoB-BA) protestou. Segundo ela, haveria a tentativa de "pilhar a UNE". O deputado Weverton Rocha (PDT-MA) destacou que o projeto (PL 4529/04) apenas dá preferência a essas instituições e disse ainda que não se pode tentar diminuir a UNE ou outras entidades do movimento estudantil.

Tags:

publicidade

publicidade