SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Itamaraty diz:só terá ação burocrática na questão de médicos estrangeiros

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/07/2013 12:44 / atualizado em 11/07/2013 12:56

Agência Câmara

O subsecretário-geral das Comunidades Brasileiras no Exterior do Ministério das Relações Exteriores, embaixador Sérgio França Danese, explicou há pouco que a atuação do Itamaraty na validação da entrada de médicos estrangeiros no Brasil ficará restrita ao reconhecimento de documentos. Segundo ele, a rede consular brasileira no exterior terá o papel de legalizar os documentos que serão exigidos dos candidatos a trabalhar no Brasil dentro do programa Mais Médicos, do governo federal.

“A legalização é um reconhecimento da autenticidade da assinatura da autoridade estrangeira que dá aquele documento. É um ato notarial pura e simplesmente, não fazemos nenhum análise substantiva”, afirmou. Ele acrescentou que o Itamaraty aguarda a demanda do Ministério da Saúde para poder atuar.


Danese participa de audiência pública na Comissão de Educação para discutir a possível entrada de médicos estrangeiros no Brasil sem prestar o Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos expedidos por instituições de educação superior estrangeiras (Revalida).

 

A audiência ocorre no Plenário 10.

Tags:

publicidade

publicidade