SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

COPA DE 2014 »

Fifa começa a vender os ingressos, no site da entidade

Fifa promete entregar ingresso comprado para o Mundial na residência do torcedor, mas cobrará pelo serviço. A primeira etapa de comercialização dos bilhetes começa hoje, às 7h, e vai até 10 de outubro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 20/08/2013 12:36 / atualizado em 20/08/2013 12:49

No fim de maio, a Fifa iniciou a entrega de ingressos para a Copa das Confederações. Temerosa, pediu aos torcedores a retirada dos bilhetes com antecedência. Como não consegue mudar os hábitos dos brasileiros, a entidade viu enormes filas e confusão. As cenas desagradaram à entidade. Por isso, ontem, a organizadora da Copa do Mundo anunciou uma novidade durante um evento no Itaquerão, o palco da abertura do Mundial, em 12 de julho de 2014. Os ingressos, que começam a ser vendidos às 7h de hoje, somente no site da entidade, poderão ser entregues na residência do comprador.

O benefício, no entanto, será concedido apenas a quem adquirir tíquetes com valor inteiro. Aqueles que têm direito à meia-entrada (estudantes, idosos e inscritos no Programa Bolsa Família), devido à obrigação de comprovar a situação, terão de retirar o bilhete em centrais de vendas da Fifa.

A novidade foi anunciada pelo diretor de marketing da entidade, Thierry Weil. Para receber o ingresso em casa, o torcedor terá de sinalizar a intenção quando fizer o pedido de compra — a primeira etapa de vendas termina em 10 de outubro. O valor do frete só será divulgado na confirmação da aquisição do ingresso (veja cronograma). A opção está aberta a todos os países, e a taxa de entrega depende do endereço do comprador.

Assim como na Copa das Confederações, a primeira etapa será destinada à solicitação de compra. Caso a procura exceda o número de bilhetes disponíveis, haverá um sorteio. O preço das entradas varia de R$ 30 (meia-entrada da categoria 4 para a fase de grupos) a R$ 1.980 (inteira da categoria 1 para a final, em 13 de julho de 2014). A retirada de ingressos deve começar em 15 de abril, a menos de dois meses do início do Mundial, agendado para 12 de junho.

Segundo Weil, o torcedor terá mais opções de pontos de troca e venda de ingressos. “Além disso, esses centros serão abertos mais cedo pensando sobretudo na população brasileira”, destacou o diretor de marketing da Fifa”. A intenção é que estejam funcionando desde 15 de abril.

No guia do torcedor divulgado ontem, a Fifa diz que a ordem de “chegada” ao site da entidade não fará diferença no provável sorteio. Portanto, os pedidos feitos hoje ou em 10 de outubro terão as mesmas chances de aprovação na loteria. A segunda fase de comercialização vai de 31 de janeiro a 25 de fevereiro. A terceira, de 15 de abril ao dia da final da Copa, em 13 de julho de 2014.

Até sete ingressos

Uma das principais reclamações dos torcedores que compraram entradas para a Copa das Confederações se repetirá no Mundial de 2014. A Fifa confirmou que não haverá escolha de assentos. A entidade, no entanto, promete “se esforçar ao máximo” para colocar amigos e parentes lado a lado, um na frente do outro ou em duas fileiras consecutivas.

Cada torcedor poderá pedir, no total, quatro ingressos de uma mesma categoria. Para partidas distintas, agendadas para dias diferentes, poderão ser adquiridos até sete bilhetes.

Sonho de consumo
Na primeira fase de comercialização, a Fifa disponibilizará 1 milhão de ingressos. Desses, ao menos 300 mil são destinados à categoria 4.


Saiba mais

Mudança de ideia

Em caso de desistência de ir a partidas da Copa do Mundo, o torcedor poderá revender o ingresso em uma plataforma oficial no site da Fifa, a ser lançada em 2014.


Combos para seleções ou cidades

Além da compra de ingressos para uma determinada partida, há a possibilidade de comercialização do team specific ticket. Nessa opção, o torcedor pode adquirir um pacote de entradas para “seguir” uma seleção. A modalidade permite a compra de três a sete bilhetes para diferentes confrontos. Caso a seleção escolhida seja eliminada na fase de grupos e o ingresso cubra mais do que três jogos, o tíquete passará a valer para acompanhar o vencedor do respectivo grupo. Se esse time cair na fase seguinte e o torcedor tiver direito a mais jogos, será possível assistir aos jogos do adversário de sua seleção escolhida.

Como a abertura tem ingressos mais caros do que o restante das partidas da fase de grupos, uma taxa extra será cobrada se a seleção escolhida for sorteada para disputar a partida inaugural com o Brasil. A Fifa também permite a compra desse pacote para jogos de uma seleção que ainda não se classificou. Caso ela não consiga vaga no Mundial, o torcedor será ressarcido. Se isso ocorrer, a Fifa cobrará uma taxa de administração de R$ 20.

Há também a opção de compra de ingressos para todos os jogos de um determinado estádio. Os torcedores que optarem por esse modo de compra terão tíquetes para a fase de grupos — sem direito às partidas inaugural e oitavas de final.
Tags:

publicidade

publicidade