SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

TECNOLOGIA

Tecnologia para vestir

Cerca de 100 milhões de dispositivos inteligentes voltados ao vestuário devem ser comercializados este ano. Além dos badalados relógios e óculos, as empresas querem deixar outras peças mais modernas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 10/09/2013 16:00 / atualizado em 10/09/2013 10:46

 

Os lançamentos dos relógios inteligentes da Samsung, o Galaxy Gear; da Sony, o SmartWatch 2; e da Qualcomm, o Toq — durante a Internationale Funkausstellung (IFA), uma das maiores feiras de tecnologia do mundo, que ocorreu em Berlim, Alemanha — , serviram para retomar uma tendência que começou quando o Google Glass foi apresentado oficialmente, em fevereiro: o da tecnologia vestível. Esses dispositivos agregam funções de smartphones, por exemplo, mas com a vantagem de serem um item do vestuário.

Em um evento realizado no Vale do Silício, organizado pela empresa de tecnologia TiE, o diretor de Investimentos da Intel Capital, Vibhor Rastogi, afirmou que, neste ano, cerca de 100 milhões de dispositivos desse tipo serão comprados pelos consumidores. O mercado deve movimentar entre US$ 20 bilhões e US$ 30 bilhões.

E não são só óculos ou relógios que ficaram inteligentes. Há tênis, pulseiras e camisas — essas, aliás, identificam a conexão wi-fi mais próxima. Parece que carregar o smartphone no bolso ou o tablet na mão vai se tornar algo do passado em breve, e com apenas um levantar da cabeça, você poderá fazer vídeos e fotos, além de ter o mundo virtual — e o real — diante dos olhos.
Tags:

publicidade

publicidade