SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Analista da CGU assume auditoria da universidade

Novo auditor-chefe pretende modernizar e tornar mais eficiente controle interno da UnB

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 03/04/2014 18:40

Agência UnB

Mariana Costa/UnB Agência
O analista de finanças e controle da Controladoria-Geral da União (CGU) João Luiz Domingues assumiu, em 11 de março, o cargo de auditor-chefe da Universidade de Brasília. Único servidor da CGU - em atividade - a estar à frente de uma auditoria interna em instituição de ensino superior, João Luiz pretende modernizar e tornar mais eficiente a atuação da auditoria interna da UnB.

O novo auditor-chefe diz que entre as prioridades estão a avaliação dos controles internos junto aos setores. Ele explica que o trabalho consiste em analisar o fluxo processual, os riscos na execução das atividades e as medidas corretivas para mitigar possíveis falhas. “Com isso, busca-se verificar a conformidade legal e o resultado das ações, do ponto de vista da eficiência, eficácia, economicidade e efetividade”, salienta.

João Luiz ressalta que outro desafio é mudar a cultura em relação à formalização dos processos administrativos da instituição. “Precisamos alterar essa visão de fazer as coisas como sempre foram feitas”.

Convidado a assumir a função pela vice-reitora Sônia Báo e pela decana de Gestão de Pessoas, Gardênia Abbad, o auditor afirma que assim que o setor estiver reestruturado pretende retornar ao órgão de origem. “São os próprios servidores da UnB que devem tocar essa área, mas é preciso prepará-los para desempenhar adequadamente as atividades”. Segundo João Luiz, muitas vezes, os auditores internos desconhecem as ferramentas e as técnicas de trabalho. “E isso pode por em risco vários controles”.

Além disso, ele defende que deve haver valorização dos profissionais do setor, com aumento da equipe e capacitação dos servidores da auditoria, de modo a qualificá-los tecnicamente para o desempenho das atividades diárias. “Um avanço foi a convocação de três novos auditores, habilitados no concurso público de 2013”, observa.

João Luiz também quer fazer uma reestruturação física e de processos na unidade. O auditor defende que os recursos tecnológicos e humanos devem ser utilizados da melhor maneira possível para reduzir gargalos e gerar eficiência.

Para isso, pretende implantar sistemas informatizados e padronizar serviços. “Já começamos a trabalhar em conjunto com o Centro de Informática em busca de soluções, assim como vamos firmar convênios de cooperação com órgãos que tenham sistemas de auditoria eficientes”, projeta. Entre as medidas a serem implantadas, estão a elaboração do manual de auditoria e a revisão do regimento interno da unidade de auditoria.

Servidor da CGU desde 2007, João Luiz atuou na Coordenação de Segurança Pública do órgão por cinco anos e, desde 2012, era responsável pela auditoria externa da CGU junto à UnB. Formado em Odontologia e pós-graduado em Orçamento Público pelo Tribunal de Contas da União, o auditor foi sargento da Aeronáutica por quase vinte anos.
Tags:

publicidade

publicidade