SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

SEMINÁRIO »

Encarando o desafio de gerir o Estado

Evento reúne grandes especialistas em gestão pública em Brasília - entre eles Rudolph Giuliani, prefeito de Nova York no atentado de 11 de setembro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 17/08/2015 10:37 / atualizado em 17/08/2015 10:43

Fernando Vergara

Brasília recebe o 1º Fórum HSM de Gestão Pública em 3 de setembro. O evento conta com a presença do ex-prefeito de Nova York Rudolph Giuliani; do consultor em gestão Vicente Falconi; do pesquisador da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) Clóvis de Barros; e do presidente da escola de educação executiva HSM, Rivadávia Drummond. “Queremos trazer conhecimento para a área pública, então, nada melhor do que estar em Brasília, falando diretamente com o público federal. É preciso contaminar as instituições políticas”, afirma Drummond.

Segundo o presidente da HSM, o conteúdo ministrado no evento pode ser aproveitado também por quem trabalha na iniciativa privada. “Precisamos entender o que está acontecendo na gestão pública. Os insights são transferíveis para as áreas privadas, como a inovação social, que é algo que transcende a esfera pública.”

Meritocracia

Drummond se define como otimista e pretende trazer casos positivos de gestão pública durante a palestra que dará. “Não estamos vivendo um momento fácil no Brasil do ponto de vista econômico, mas o país tem tudo para se rearranjar. Não posso começar o dia como educador achando que o Brasil vai dar errado.” O presidente da HSM acredita que o Estado brasileiro deveria ser mais meritocrático. “É preciso ter critérios para que a pessoa mais preparada, com o maior domínio técnico, possa assumir um cargo”, afirma.


Não perca!
As inscrições para o 1º Fórum HSM de Gestão Pública devem ser feitas pelo site hsmeducacaoexecutiva.com.br até 31 de agosto. O evento será no Centro Internacional de Convenções do Brasil (CICB), localizado no Setor de Clubes Sul, Trecho 2. O passe individual custa R$ 2.950 e inclui material de apoio, coffee break, almoço, tradução simultânea do inglês e certificado on-line de participação.

Confira a programação

Das 9h30 às 12h30

Rudolph Giuliani

Das 14h às 15h
Vicente Falconi

Das 15h30 às 16h30
Clóvis de Barros

Das 16h30 às 17h30
Rivadávia Drummond


Seminário internacional
Em 3 e 4 de setembro, o Seminário Internacional Papel do Estado no Século 21: desafios para a gestão pública reúne palestrantes de diversos países no Centro Internacional de Convenções do Brasil. Organizado pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), o evento é gratuito e conta com 600 vagas. A Enap enviou convites para gestores e executivos da administração pública, lideranças empresariais, acadêmicos e pesquisadores, que recebem uma chave de inscrição. O público geral também pode se inscrever na lista de espera até 28 de agosto, pelo site www.seminariointernacional.enap.gov.br.

 

Entrevista com Vicente Falconi


 (Falconi/Divulgação)
 

Durante o fórum, o consultor de gestão Vicente Falconi fará um talk show em que promete responder com franqueza perguntas livres da plateia. Confira a entrevista com o especialista:

Qual é a importância de estudar gestão pública?
Há uns 30 anos, quando escrevi meu primeiro livro sobre gestão, TQC: Controle da qualidade total no estilo japonês, havia pouca literatura sobre o tema no Brasil. Hoje, encontram-se livros sobre gestão até em banca de jornal. Lembro que começamos a introduzir esses métodos no Brasil na década de 1980, e a coisa acelerou na década de 1990 nas empresas. Foi somente após o ano 2000 que o setor público aderiu. Até hoje, há muitas dificuldades na área pública, mas a situação melhorou bastante. Muitos políticos nos procuram para trabalhar conosco, na Consultoria Falconi. Eles sabem que gestão custa muito pouco e dá um resultado fantástico, principalmente votos.

Quais são as dificuldades de gestão pública que o governo brasileiro enfrenta atualmente?
Há muitas dificuldades, mas é importante frisar que, nas empresas, a situação também existe. A primeira delas é a falta de uma liderança que tenha consciência do valor da gestão e que “pegue o boi pelo chifre”.

As técnicas de gestão da iniciativa privada podem ser aproveitadas na gestão pública?
As técnicas de gestão são universais. Elas servem para gerenciar qualquer coisa, o que muda é o conhecimento técnico. Muita gente confunde uma coisa com a outra. Por exemplo: gestão escolar é uma coisa, pedagogia é outra. O que nós precisamos é de uma escola de gestão no estado brasileiro.

Qual é o perfil de um bom gestor público?

Um bom gestor, seja ele do setor privado ou do público, deve ser líder. Deve ter foco em resultados, em querer melhorar sempre, em questionar tudo, em querer aprimorar sua equipe e em amar o país. O papel do líder é ter um sonho para a sua área de influência e tocar o coração e a mente das pessoas com isso. Depois ele deve estabelecer metas, guiar a equipe para montar planos de ação e executá-los. Se esse líder não souber como fazer para ajudar seu time, ele deve procurar o auxílio de especialistas. Resumindo, ele deve ter metas e atitude para ajudar seu time, inclusive providenciando treinamento para ele.

 

publicidade

publicidade