Reitor do Colégio Pedro II diz que Escola sem Partido é inconstitucional

Oscar Halac defendeu também que se fale sobre gênero nas escolas sem ideologia. Com foco, por exemplo, na prevenção da violência contra mulher ou na existência de pessoas com orientações sexuais diferentes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/02/2017 19:30

Para Oscar Halac, Reitor do Colégio Pedro II, o projeto Escola sem Partido nasce morto. “A AGU considera inconstitucional e o próprio ministro da Educação se disse contrário à matéria”, destacou.

 

Halac disse ainda que há outros temas mais importantes para a educação como o financiamento do setor e a formação de professores que deveriam ser objeto de dedicação do Congresso.

 

Para o reitor, o projeto reacende o debate sobre laicidade, ideologia e religião nas escolas. “Principalmente numa escola pública que tem missão precípua de formular políticas públicas para todos, independente de interesses, porque forma os cidadão brasileiros, não se pode cercear o direito de educar. O educando precisa conviver com diferentes visões de mundo para formar indivíduos críticos e capazes de tomar decisões em suas vidas”, afirmou, lembrando que contradições são necessárias para formar estudantes mais tolerantes.

 

Oscar Halac defendeu também que se fale sobre gênero nas escolas sem ideologia. Com foco, por exemplo, na prevenção da violência contra mulher ou na existência de pessoas com orientações sexuais diferentes. “A questão do gênero na sociedade moderna precisa ser vista além do olhar dos tabus e dos dogmas, como forma de proteção ao outro”, concluiu.

 

A fala de todos os debatedores foi marcada por manifestações de apoio dos dois lados. O relator do projeto na Comissão Especial, deputado Flavinho (PSB-SP), disse que sua intenção é debater o tema ao máximo. “Nossa prioridade são os principais envolvidos: estudantes e professores. Meu desejo é ouvir incansavelmente todas as partes”, afirmou.

 

A audiência continua no plenário 10.

 

Agência Câmara