SIGA O
Correio Braziliense

Cine Brasília recebe festival internacional de curtas-metragens

O estudante de cinema Mírcio Amaral é um dos 14 brasilienses na mostra competitiva nacional. Programação gratuita vai de 20 a 23 de abril

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/04/2017 21:21

Tony Winston

Criadores brasileiros e estrangeiros exibem obras de curta-metragem na nona edição do Lobo Fest — Festival Internacional de Filmes Curtíssimos, que chega ao Cine Brasília (106/107 Sul) de 20 a 23 de abril.

 

O evento é gratuito e conta com películas de menos de 15 minutos de duração.

Na seleção nacional, 14 diretores representam Brasília com ficções, documentários e uma animação. Pela segunda vez na competição, o estudante de cinema Mírcio Amaral, de 22 anos, apresenta a obra Terceiro Movimento de Silêncio, que passará no sábado (22), às 20 horas. Em 2015, ele concorreu com a obra O Outro.

 

A produção de quase quatro minutos de duração traz a personagem Juliana, uma jovem adulta que vive uma noite de insônia. “A obra traz uma perspectiva comum, de medos, horrores e pressões vividas por muitos”, conta o morador do Gama.

Para conceber o curta, ele usou quatro tipos de equipamentos: duas câmeras fotográficas profissionais que filmam, uma câmera portátil e uma de brinquedo. “A ideia é apresentar texturas diferentes em pouco tempo de vídeo”, explica.

 

Pela primeira vez na competição com o curta experimental Cine Ruínas, de 3 minutos, o designer Silvino Mendonça, de 29 anos, filmou tudo com o próprio celular. “É uma reflexão sobre a decadência do mercado físico de home vídeo, como fitas cassete e DVDs, em tempos de streaming [distribuição de dados multimídia]”, destaca. O filme independente mescla cenas de Brasília com mapas da internet.

 

Os curtíssimos brasileiros concorrem a troféus desenvolvidos pelo artista plástico Miguel Simão em cinco categorias: Curtíssimo Nacional, Curtíssimo de Brasília, Originalidade, Animação e Júri Popular. Os vencedores recebem também R$ 600.

 

Programação do 9º Lobo Fest no Cine Brasília

Abre o festival, na quinta-feira (20), às 20 horas, uma seleção de 12 filmes estrangeiros participantes do Très Court International Film Festival, de Paris, na França. Em seguida, será exibido o drama húngaro Mindenki, de Kristóf Déak, vencedor do Oscar de melhor curta-metragem em 2017.

 

O evento conta com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura e integra as comemorações oficiais do aniversário de Brasília, celebrado em 21 de abril (sexta-feira). Para comemorar os 57 anos da capital federal, oito produções que abordam vieses diferentes sobre a cidade serão exibidas na mostra Curtas de Brasília.

 

O festival ainda terá outras oito mostras, uma oficina e bate-papos sobre audiovisual no foyer do cinema ao longo da programação. Alguns longas-metragens serão exibidos nas mostras não competitivas.

 

Filmes de Brasília na Mostra Competitiva Nacional

21 de abril (sexta-feira)

Às 20 horas

Sistema, de Daniel Sena
Orbitário, de Caio Fiuza e João Leite
Fuga, de Eduardo Roscoe

 

22 de abril (sábado)

Às 19 horas

Quinta-feira 12, de Cristiano Silva
Escuro, de Sadeck Cunha
Cine Ruínas, de Silvino Mendonça
Captcha, de Daniel Sena
Meu Amor, de Clodoaldo Lino, Helena Carestiato, Renan Araujo, Raphael Pita, Vicente Fortes, Yves Souza e Edilano Moura
Agonia, de Maria Clara Oliveira

 

Às 20 horas

Vertigem, de David Murad
Terceiro Movimento de Silêncio, de Mírcio Amaral
Tuas Penas, de Patrick Revoredo
Manhã, de Felipe Berlim

 

Filme de Brasília na Mostra Competitiva Nacional de Animação

21 de abril (sexta-feira)

Às 19 horas

Asas?, de Renato Moll

 

9º Lobo Fest — Festival Internacional de Curtíssimos
De 20 (quinta-feira) a 23 de abril (domingo)
Cine Brasília (106/107 Sul)
Entrada gratuita
Programação completa no site

 

Agência Brasília