SIGA O
Correio Braziliense

Gestão

MEC credencia escola de governo da Fundação Joaquim Nabuco

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 15/05/2017 18:27 / atualizado em 15/05/2017 18:32

 

No dia que marca a Abolição da Escravatura, 13 de maio, o ministro da Educação, Mendonça Filho, assinou o credenciamento da Fundação Joaquim Nabuco (Fundaj) como escola de governo. Por meio desse documento, foi criada a Escola de Governo Joaquim Nabuco, voltada a cursos de pós-graduação em gestão pública. A proposta é formar líderes de pensamento, redesenhando a lógica das políticas públicas.

 

 Durante a solenidade, realizada no Museu do Homem do Nordeste (Muhne), na Fundaj, Mendonça Filho destacou a sintonia da escola de governo com as diversas áreas do setor público, bem como a atuação deste modelo no sentido de "preparar gestores atualizados que zelem pela coisa pública". Ele pontuou, ainda, o alinhamento que a instituição terá com os interesses e necessidades da sociedade. "Este é um importante passo, porque a Escola de Governo vai ser uma marca relevante na reafirmação da boa gestão pública", completou o ministro.

 

 "A questão da educação no Brasil é menos de recursos e mais de gestão”, avaliou o presidente da Fundaj, Luiz Otávio de Melo Cavalcanti. “A Escola de Governo vem ao encontro desta necessidade. É uma oferta não apenas oportuna, mas estratégica, no sentido de complementar formação, capacitação e qualificação, seja de pesquisadores em nível de pós-graduação, seja de gestores das redes municipais e estaduais de educação."

 

Demanda

A grade de cursos está em fase de elaboração.  De acordo com o diretor da escola, Felipe Oriá, ela será orientada pela "demanda de conhecimento da sociedade". Oriá também ressaltou que, ao abrir as portas, a Escola Joaquim Nabuco vai apresentar uma proposta de educação diferente da tradicional. "Não queremos ser apenas um centro de ensino, mas um centro de inovação. A ideia é trazer a inovação não apenas na grade e no currículo, mas também na lógica da construção do conhecimento." A instituição vai funcionar no Derby, bairro localizado na região central do Recife.

 

O ministro da Cultura, Roberto Freire, também participou do ato e ressaltou o diálogo entre os ministérios. "Estamos tendo no governo a compreensão de que os ministérios não são ilhas, mas fazem parte de um continente sem fronteiras", disse. Estiveram presentes, ainda, a titular da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Eline Nascimento, o diretor da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec), Romero Portella, e o diretor do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), José Fernando Uchoa.

 

Xilogravuras

A assinatura de credenciamento da Escola Joaquim Nabuco aconteceu durante a inauguração da exposição J Borges, com obras do artista homônimo. "J Borges tem tudo a ver com a missão da Fundaj, destacou o ministro. “Com sua arte, expressa os aspectos mais característicos do homem do Nordeste. O ambiente é adequado e mostra a sinergia do artista pernambucano e brasileiro com os valores que devem ser difundidos pela Fundaj e pelo Ministério da Educação."

 

 

 

 

Portal MEC