SIGA O
Correio Braziliense

Dados

Inep realiza pré-teste dos cadastros do Censo Escolar 2018

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 06/06/2017 19:19

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) iniciou na segunda-feira, 5, a revisão dos formulários do Censo Escolar 2018. O objetivo é testar os novos campos e itens dos formulários que serão usados a partir do próximo ano; avaliar a compreensão do usuário quanto às alterações de conceitos e nomenclaturas; analisar se os novos itens são compreensíveis e captam a realidade escolar; verificar a existência de documentação comprobatória para a declaração de informação; e identificar as formas e possibilidades de se obter dados que não estão nos registros administrativos escolares atuais.

 

Até a próxima sexta-feira, 9, o Inep vai avaliar junto às escolas os campos cadastros de aluno, profissional escolar em sala de aula, turma, escola e o novo cadastro de gestor escolar. A amostra de escolas que participam da avaliação dos novos campos dos formulários do censo escolar teve representatividade nacional, com um estado de cada região geográfica – Amazonas, Rio Grande do Norte, Espirito Santo, Goiás e Santa Catarina.

 

Participam quatro escolas, entre públicas e privadas, urbanas e rurais, de cada estado. Escolas de educação técnica-profissional, indígenas e organizadas por ciclos também fazem parte do teste. No total, 20 escolas estão no processo.

 

Além dessa avaliação, outras 108 escolas de todo país participarão, entre 12 e 23 de junho, do teste dos cadastros do censo escolar por meio da plataforma interativa, na qual poderão avaliar cada campo novo ou ajustado a serem utilizados a partir de 2018. O pré-teste permite avaliar a consistência dos novos itens dos formulários qualificando os dados do censo que impactam nas pesquisas educacionais brasileiras e internacionais, na definição da distribuição dos recursos do Fundeb para cada um dos 5.570 municípios no Brasil e na tomada de decisão de políticas públicas para a educação.

 

A avaliação dos campos coletados pelo censo escolar começou com discussões internas e foi um dos temas debatidos no Seminário do Censo Escolar, em fevereiro deste ano. O encontro reuniu colaboradores do processo de coleta e os principais demandantes das informações, incluindo os coordenadores estaduais do censo escolar das 27 secretarias estaduais de educação do país, das secretarias do Ministério da Educação, do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), além de algumas universidades e instituições.