Ebserh

Maternidade de Fortaleza realiza evento para pacientes e gestantes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/06/2017 18:37 / atualizado em 26/06/2017 18:40

A Maternidade Escola Assis Chateabriand (Meac), do complexo hospitalar da Universidade Federal do Ceará (UFC), realiza, de 26 a 30 de junho, a 3ª Semana do Bebê. As atividades multidisciplinares, que envolvem palestras, oficinas e rodas de conversa, são voltadas para pacientes, acompanhantes e gestantes. A Meac é filiada à Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), autarquia vinculada ao MEC.

 

Inspirada nas iniciativas do Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef), a semana do bebê foi realizada pela primeira vez em maio de 2015. “O projeto surgiu como um convite para incluir a Meac na programação da prefeitura municipal, mas a adesão dos profissionais da casa foi tão grande que acabamos tendo uma programação muito intensa e rica e decidimos que esse evento entraria para o calendário oficial da maternidade”, explica a enfermeira Elisângela Guerra, uma das organizadoras do evento.

 

Aleitamento, higiene, saúde e desenvolvimento do bebê são alguns dos temas que serão abordados ao longo da semana. A programação inclui, ainda, apresentações de teatro, exposições fotográficas e workshops. “É um momento em que centramos toda a nossa atenção no bebê, nosso personagem principal como maternidade”, diz Elisângela. “É também uma oportunidade de reciclagem dos profissionais, na qual cada um compartilha o conhecimento sobre sua maior especialidade e, por isso, é muito instrutivo e de sensibilização para a prática da educação em saúde”, completa a enfermeira.

 

A programação completa da 3ª Semana do Bebê pode ser acessada na página eletrônica da Ebserh.

 

Sobre a Ebserh

Desde novembro de 2013, a Meac-UFC é filiada à Ebserh, estatal vinculada ao Ministério da Educação, que administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

O órgão, criado em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações nas 50 unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.