publicidade

por Dad Squarisi dadsquarisi.df@dabr.com.br

Dicas de português

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 24/09/2012 08:00 / atualizado em 23/09/2012 17:49

Recado
“Não há nada mais terrível que a ignorância ativa.”
Goethe


Qual o nome?
O tatu-bola é a mascote da Copa verde-amarela. Foi escolha dos brasileiros. Agora vem nova eleição. A Fifa abriu a votação para a escolha do nome do bichinho. As opções são três: Amijubi (mistura das palavras amizade e júbilo), Fuleco (mistura das palavras futebol e ecologia) e Zuzeco (mistura das palavras azul e ecologia). O torcedor pode votar no site da Fifa até 25 de novembro. Você tem algum favorito? Eu tenho. É Zuzeco. Parece mais moleque que os demais.


Estragos
Palavras novas armam ciladas. Uma delas é a prosódia. Foi o que aconteceu com Amijubi. O leitor Antonio Nascimento, do Recife, explica: “Embrulha-me o estômago ouvir erro de pronúncia. No Fantástico de domingo passado, Tadeu Schmidt disse ‘amijúbi’ — assim, paroxítona como táxi. A palavra é oxítona como aqui, ali, Marli. Esse pessoal ...”

Antonio tem razão. Ele conhece uma regra que o apresentador ignora ou esqueceu. Trata-se do recado das vogais. Palavras terminadas em a, e e o, seguidas ou não de s, são paroxítonas (casa, mesas, bate, partes, mulato, gatos). As terminadas em i e u, seguidas ou não de qualquer consoante, são oxítonas (aqui, ali, tupi, guarani, tatu, cajus, urubu, Aracaju, partir, Artur). É o caso de Amijubi.


Desobedientes
Palavras, como pessoas, são rebeldes. Detestam ser vaquinhas de presépio. Por isso, desobedecem. A saída dos trilhos tem marca. É indicada por acento. Se a paroxítona terminada em a, e e o decide ser oxítona ou proparoxítona, exibe um agudão ou um circunflexo na cabeça (sofá, você, mocotó, lâmpada, fósforo). O mesmo ocorre com as oxítonas. Se mudam de time, ganham grampo ou chapéu (táxi, álibi, álbum, ônus).


Questão de acento
Mate a charada: se proparoxítona, sou mulher erudita. Se paroxítona, tempo de verbo. Se oxítona, uma ave. Quem sou?

Ops! O acento faz a diferença — sábia, sabia, sabiá.


Tradução
Que coisa! Teimamos em não dar nome aos bois. Sobretudo em período eleitoral, as autoridades apelam para eufemismos. O que é isso? É isto: adoça-se o termo. Quando a palavra é dura, inconveniente ou causadora de dor e medo, usam-se outras. Morte? Valha-me, Deus! Melhor viagem, falecimento, ir desta pra melhor. Diabo? Nem pensar. Fiquemos com cão, capeta & cia. demoníaca. Câncer? Deus nos livre. CA e doença ruim resolvem.

Dilma sabe das coisas. Não fala em corrupção. Prefere malfeitos. Graça Foster, presidente da Petrobras, aprendeu a lição. Em entrevista, disse: "Queremos convergência de preços do Brasil com o exterior". Em bom português: queremos aumentar o preço do combustível. Melhor: gasolina e álcool vão subir de preço. Preparem o bolso.


Outra do Mantega
Em palestra na capital da França, Guido Mantega disse de boca cheia: “O Brasil é um dos países que mais investe em educação”. Os presentes se entreolharam. “O homem está com mania de grandeza”, pensaram. “Mente.” A concordância explica o fato. Um dos que admite o singular e o plural. Mas a escolha não é inocente.

Dá recados.

O plural diz que vários países investem em educação. O Brasil é um deles. O singular afirma que só o Brasil investe muito em educação. Não é verdade. Outras nações destinam recursos generosos ao setor. Com o plural, Sua Excelência teria convencido: O Brasil é um dos países que mais investem em educação.

Outros exemplos? Ei-los: Carlos Eduardo é um dos deputados do PT que critica o governo. (O PT tem vários deputados. Só um critica o governo. É Carlos Eduardo. Daí o singular. ) Se mais de um petista bate no governo, o plural pede passagem: Carlos Eduardo é um dos deputados petistas que criticam o governo.


Leitor pergunta
Li esta frase no jornal: “A partir de hoje, o STF começa o julgamento de três figuras emblemáticas do partido”. Ela está correta?

Luiza Alencar, Natal

Olha a redundância, moçada. A partir indica começo. Começar também. Melhor diminuir a dose. Basta uma: A partir de hoje, o STF julga três figuras emblemáticas do partido. O STF começa o julgamento de três figuras emblemáticas do partido.

Tags:

publicidade

publicidade