publicidade

Mercosul

Livro eletrônico reúne textos de estudantes sobre a Amazônia

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/04/2016 17:31

Portal MEC

O livro eletrônico Textos Selecionados do Concurso Histórico-Literário Caminhos do Mercosul 2015 – a Floresta Amazônica: Patrimônio da Humanidade está disponível on-line para o público a partir desta sexta-feira, 8. A publicação reúne 32 trabalhos de estudantes do ensino médio de Argentina, Bolívia, Brasil, Colômbia, Equador, Paraguai, Peru e Uruguai produzidos para o concurso Caminhos do Mercosul de 2015, uma parceria entre o Ministério da Educação, o Mercosul Educacional, entidade que reúne as autoridades em educação do bloco, e a Secretaria de Educação do Amazonas.

 

A obra apresenta contos, poesias, ensaios e monografias produzidos por jovens escritores e revela a Amazônia pela ótica da juventude sul-americana. A publicação reúne fatos históricos, culturais e ficção em textos originais e descreve conhecimentos e informações das mais diferentes fontes. É um convite a pensar na existência de uma intimidade longa e antiga entre nossos jovens literatos e pesquisadores e o tema proposto. Com textos em português e espanhol, os autores expõem pesquisas, leituras e experiências sobre a floresta.

 

Pela primeira vez, o resultado do concurso Caminhos do Mercosul é liberado em formato eletrônico, disponível como material didático a ser adotado por professores em salas de aula.

 

Concurso — O Caminhos do Mercosul é um concurso histórico-literário organizado pelo setor educacional do bloco. As edições, anuais, ocorrem desde 2013, sob a tutela dos países membros e associados, que divulgam e selecionam os trabalhos enviados por estudantes. Os objetivos são os de estimular e fortalecer a identidade regional de jovens do Mercosul, a partir de uma experiência formadora. Nas com viagens de premiação, os participantes, além de buscar o conhecimento, podem vivenciar e apreciar o valor da integração e da diversidade cultural.

 

O concurso tem como público-alvo estudantes do ensino médio, na faixa etária de 16 e 17 anos, com bom desempenho escolar e capacidade de convivência com jovens de diferentes culturas e origens. A edição de 2016 será organizada pelo Ministério de Educação e Cultura do Paraguai.

publicidade

publicidade