publicidade

Professores de instituições federais da Bahia votam contra a greve

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/06/2012 14:41

Mariana Niederauer

Em votação apertada, professores de instituições de ensino superior federais da Bahia decidiram não aderir à paralisação nacional da categoria. O referendo ocorreu na terça (5/6) e na quarta-feira (6) desta semana, e teve mais de 800 votos, 415 contra a greve e 390 a favor. A decisão é dos docentes da Universidade Federal da Bahia (UFBA), do Instituto Federal da Bahia (IFBA), e da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia, afiliadas ao Sindicato dos Professores das Instituições Federais de Ensino Superior da Bahia (Apub).

O último balanço realizado pelo Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) na última terça-feira (5) mostrou que 51 instituições federais aderiram à greve nacional. No mesmo dia, o ministro da Educação, Aloizio Mercadante, recebeu entidades que estão à frente do debate sobre o plano de carreira e garantiu que as discussões com o governo federal serão retomadas na próxima semana.
Tags:

publicidade

publicidade