publicidade

Má gerência dos recursos prejudica professores, diz federação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2012 08:00 / atualizado em 11/08/2012 12:53

Agência Câmara

A presidente da Federação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal do Estado do Ceará (Fetamce) e representante da Confederação dos Trabalhadores no Serviço Público Municipal (Confetam), Enedina Soares da Silva, disse há pouco que muitos prefeitos não gerenciam bem os recursos para a educação e, por isso, não pagam o piso aos professores. %u201COs gestores se escondem no problema dos recursos e vemos problemas na gestão. Não dá para pagar o piso porque os prefeitos não querem dispensar seus apoiadores políticos%u201D, afirmou. Segundo Enedina da Silva, o reajuste do piso pelo INPC, como propõe o Projeto de Lei 3376/08, não atende a necessidade de valorizar o professor como profissional estratégico para o crescimento do País. Ela participa da audiência pública da Comissão de Educação e Cultura para discutir o cumprimento por estados e municípios do piso nacional dos professores do ensino básico, previsto na Lei 11.738/08 e fixado, hoje, em R$ 1.451. A audiência prossegue no plenário 10.
Tags:

publicidade

publicidade