SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professores da UFMG decidem entrar em greve na próxima terça-feira

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2012 15:05 / atualizado em 11/08/2012 14:25

Estado de Minas

Os professores da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) decidiram nesta terça-feira pela deflagração da greve no dia 19 de junho. A decisão foi tomada em assembleia que aconteceu nesta manhã no auditório da Faculdade de Ciências Econômicas (Face), câmpus Pampulha. Segundo o Sindicado do Professores de Universidade Federal de Belo Horizonte e Montes Claros (APUBH), a principal reivindicação aprovada na pauta da assembleia é a reestruturação do plano de carreira com recomposição salarial.

Na próxima terça-feira, os docentes vão se reunir novamente para deliberar sobre a paralisação e rediscutir a pauta. O encontro acontecerá no auditório da reitoria da universidade. Até lá, as aulas continuam normais e alunos não precisam se preocupar. Os servidores agora vão se reunir em várias unidades da UFMG para mobilizar os colegas sobre a importância de aderir ao movimento.

De acordo com o sindicato, o protesto da UFMG tem relação com a paralisação que acontece em quase 50 universidade do país, mas em Minas há revindicações locais que ainda são discutidas pelos servidores e sindicalistas. Professores vinculados ao Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) estão em greve desde 17 de maio. Os servidores querem a reestruturação da carreira docente, com valorização do piso - o vencimento base hoje é R$ 557,51 para uma carga horária de 20 horas semanais - incorporação das gratificações; valorização e melhoria das condições de trabalho.
Tags:

publicidade

publicidade