publicidade

GREVE NAS FEDERAIS

Posição do Andes-SN sobre paralisação nacional será divulgada no domingo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 31/08/2012 17:33

O Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN) deve enviar, até o fim deste domingo (2/9), uma orientação para as 51 instituições federais que ainda estão em greve. A instrução vai depender do resultado das diversas assembleias regionais que estão ocorrendo nas universidades desde quinta-feira (31/8) para discutir a última proposta do governo.

Os professores analisam o fim da paralisação do movimento grevista, que já dura mais de cem dias. Depois das deliberações locais, as assembleias encaminharão os resultados para o Comando Nacional de Greve (CNG) e na reunião que deve ocorrer no sábado (1º/9), o Andes-SN fará a contagem e deliberação dos resultados das diversas assembleias e encaminhará o indicativo com base na maioria delas. Informações preliminares indicam para a manutenção da greve por pelo menos mais uma semana, quando novas assembleias devem ser convocadas.

Em nota divulgada em 24 de agosto, o Ministério da Educação (MEC) reafirmou que as negociações com os professores das instituições federais de ensino superior estão encerradas. Duas das entidades que representam os professores não aceitaram as negociações do governo. Apenas a Federação de Sindicatos de Professores de Instituições Federais de Ensino Superior (Proifes) assinou a proposta.

Avanço

Na última quarta-feira (29/8), o Proifes considerou a assinatura do termo de acordo uma vitória e convocou, em comunicado, os docentes a encerrarem a greve. “O Conselho Deliberativo do Proifes decidiu indicar aos sindicatos federados que orientem os seus filiados em Universidades Federais e Institutos Federais de todo o Brasil no sentido de defender o pronto encerramento da greve ora em curso.” O Proifes representa seis universidades federais e um instituto técnico das instituições em greve.

Sete das 59 federais que entraram em greve anunciaram o fim do movimento e retornaram às aulas: Universidade de Brasília (UnB), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS), Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Universidade Federal de Ciências da Saúde de Porto Alegre (UFCSPA).
Tags:

publicidade

publicidade