publicidade

Práticas de ensino

Professor paraense tenta mostrar aos alunos a importância do voto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 22/02/2013 14:15 / atualizado em 22/02/2013 14:22


Estudantes simulam comício eleitoral: projeto de escola do interior paraense teve como propósito preparar os alunos para a vida em sociedade, formar eleitores e, possivelmente, candidatos (foto: arquivo do professor Adonias Oliveira)Ao ouvir de seus alunos que “todo político é ladrão” e que venderiam seus votos ao se tornarem adultos, por não acreditar nos políticos, o professor Adonias Sousa de Oliveira ficou preocupado. Esse sentimento o levou a criar o projeto Meu Voto, meu Futuro, distinguido na sexta edição do Prêmio Professores do Brasil. As atividades foram realizadas nas aulas de sociologia e religião dos últimos anos da Escola Municipal de Ensino Fundamental Antônio Oliveira Santana, em Breu Branco, Pará.

“A escola pensou em desenvolver projeto com o objetivo de preparar os alunos para a vida em sociedade, a fim de formar eleitores ou, quem sabe, os candidatos do amanhã”, explica Adonias. ”Trabalhamos a concepção do que é ética, não só no meio político, mas também no sentido pessoal, na vida particular, bem como valores como honestidade, dignidade, respeito e compromisso.”

Após avaliação diagnóstica para avaliar os conhecimentos que os estudantes traziam de casa, o professor passou a criar situações capazes de motivar a busca desse conhecimento. A escola foi transformada em um município fictício. As salas de aula, em bairros, com candidatos a prefeito, vice-prefeito e vereadores.

Cada turma ficou responsável por um serviço público. Assim, os estudantes da quinta série A (sexto ano), por exemplo, fizeram pesquisas sobre o tema saúde, em escalas nacional, estadual e municipal. A partir daí, visitaram postos de saúde para verificar a situação real vivida pela população. “Eles vivenciaram o que o município tinha a oferecer com relação aos serviços públicos”, avalia Adonias.

Panfletagem
— Os alunos aproveitavam a hora do intervalo para divulgar propostas. Teve início uma concorrida campanha eleitoral, com panfletagem, bandeirolas e até telefone celular. No encerramento do projeto, foi realizado um grande comício no pátio da escola, com a participação dos pais. Em estúdios, foram gravadas paródias musicais e, durante o comício, era possível escutar, ao fundo, a música de cada candidato. “As famílias investiram na realização do projeto. Nunca elas tinham participado tão efetivamente de uma atividade na escola”, salienta Adonias. “Foi emocionante.”
As propostas dos “candidatos” foram encaminhadas à presidência da Câmara Municipal, representada na banca avaliadora do projeto. Os vereadores devem avaliar a possibilidade de liberar recursos e investimentos para a escola.

Mudança — A premiação repercutiu positivamente na carreira de Adonias, que tem graduação em pedagogia e especialização em gestão escolar e está há 18 anos no magistério. Professor concursado em dois municípios, a partir deste ano ele assume como coordenador pedagógico das disciplinas de sociologia e filosofia de Breu Branco. Em Tucuruí, também no Pará, será o coordenador do Projeto EJA, de educação de jovens e adultos, na modalidade semipresencial (modular). Nesse município, ele exerceu o cargo de vice-diretor da Escola Municipal de Educação Fundamental Governador Fernando José de Leão Guilhon.



Tags:

publicidade

publicidade