SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

UnB vai receber professores do Irã

Acordo para que docentes ministrem aulas de persa na UnB foi discutido pelo reitor e o embaixador do Irã no Brasil

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 26/03/2013 14:34

Agência UnB

Marcelo Jatobá/UnB Agência
 

A Universidade de Brasília e a Embaixada do Irã renovaram e ampliaram convênio que traz professores do país islâmico para dar aulas de persa na UnB. A decisão foi tomada em reunião do reitor Ivan Camargo com o embaixador do país, Mohammad Ali Ghanezadeh, na tarde desta segunda-feira, 25 de março.

Durante cinco anos, o acordo permitiu a vida de docentes do país para dar aulas no Instituto de Letras da UnB. Com a renovação, outros cursos, além de Letras, serão beneficiados. No encontro também foi definida parceria para realização, no campus Darcy Ribeiro, da Semana Cultural Iraniana. Além de atividades que mostrarão a cultura e a arte do país, haverá ainda uma mostra de cinema iraniano.  “Semanas e eventos culturais ajudam a ampliar o crescimento entre os povos”, comentou o embaixador.

Marcelo Jatobá/UnB Agência
 

O reitor propôs envolver os alunos, por meio do Diretório Central dos Estudantes, além de professores e servidores técnicos-administrativos. “É muito importante trazer a semana cultural iraniana para dentro da UnB. Gostaríamos que nossos estudantes conhecessem a cultura, o cinema e o artesanato deste país”, disse Ivan Camargo.

No encontro, o embaixador demonstrou ainda o desejo de receber alunos da UnB nas universidades do país por meio do programa Ciência Sem Fronteiras. “Nos últimos anos, o Brasil cresceu muito e é natural que queiramos aproveitar esta potencialidade científica”, disse Mohammad Ali Ghanezadeh. O reitor manifestou o interesse também nesta parceria, mas lembrou que o programa depende de editais promovidos pela Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) e Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

 

Tags:

publicidade

publicidade