publicidade

Professores aderem à paralisação nacional da CUT

A categoria reivindica por votação do PNE e pela aplicação de 10% do PIB na educação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 30/08/2013 17:50

O Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF) participou do Dia Nacional de Mobilização e Paralisação, promovido pela Central Única dos Trabalhadores (CUT) nesta sexta-feira (30/8). A mobilização dos trabalhadores de várias categorias é extensa e contém itens específicos sobre educação. Os docentes, organizados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), usaram o dia de hoje para lançar um acampamento montado no gramado da Esplanada dos Ministérios, que ficará instalado durante todo o mês de setembro e deve abrigar professores de vários lugares do país. Os acampados reivindicam a votação no Plano Nacional de Educação (PNE), que está em tramitação há quase três anos, além do uso de 10% do Produto Interno Bruto (PIB) na educação. Professores de todo país participarão e devem cobrar também a aplicação da lei do piso nacional, que ainda não foi cumprida integralmente em alguns estados.
Tags:

publicidade

publicidade