SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professores de federais marcam dia de paralisação nacional em 19 de março

Greve de docentes, suspensa em 2012, pode ser retomada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/02/2014 14:26 / atualizado em 18/02/2014 15:06

Mariana Niederauer

Professores de instituições federais de ensino superior marcaram um dia nacional de paralisação em 19 de março. A decisão foi tomada durante o 33º Congresso do Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior (Andes-SN), no último fim de semana. Está na pauta de discussão do movimento a retomada da greve dos docentes, suspensa em 2012.

Entre as reivindicações estão ainda carreira docente que priorize a dedicação exclusiva como regime de trabalho preferencial, garantia da autonomia acadêmica e administrativa das universidades e a não privatização do ensino público. O plano de lutas para 2014 também inclui instituições estaduais, municipais e as particulares ligadas ao sindicato.

A greve de 2012 durou cerca de 120 dias e chegou a atingir 56 das 59 universidades federais, além de 34 institutos federais de educação tecnológica. Na época, os professores também reivindicavam a reestruturação da carreira e melhores condições de infraestrutura, além de reajustes salariais.
Tags:

publicidade

publicidade