publicidade

Morre aos 88 anos, professor da UnB referência em línguas indígenas

Aryon Dall'Igna Rodrigues fundou o Laboratório de Línguas Indígenas do Instituto de Letras (Laic)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 25/04/2014 16:40

Marcelo Ferreira/CB.D.A Press
O professor Aryon Dall'Igna Rodrigues da Universidade de Brasília (UnB) morreu no fim da tarde dessa ultima quinta-feira (24/3). Fundador do Laboratório de Línguas Indígenas do Instituto de Letras (Lali), Aryon dedicou a vida às minorias linguísticas formadas pelas diversas etnias indígenas do Brasil e à documentação e revitalização dessas línguas.

O velório de Aryon ocorrerá na tarde desta sexta-feira (25/4) das 14h às 18h na Capela I do Cemitério Campo da Boa Esperança. O corpo será cremado neste sábado (26/4) no Cemitério Jardim Metropolitano, em Valparaíso de Goiás.

Leia mais notícias em Cidades

Natural de Curitiba, Aryon entrou na UnB em 1962 a convite de Darcy Ribeiro. Em entrevista ao Correio em setembro de 2012, o professor falou sobre a sua trajetória. “Eu fui um dos cientistas que vieram para começar a discutir a criação da universidade, no começo dos anos 1960. Nessa época, eu já tinha voltado do meu doutorado na Alemanha e era professor de linguística e de etnografia do Brasil na Universidade Federal do Paraná”, disse. Em 1996, recebeu no fim de outubro a maior honraria acadêmica da instituição de ensino, o título de doutor honoris causa.

Em nota, o Lali lamentou a morte do professor, que segundo o instituto, deixa um grande legado à Linguística brasileira e internacional e, em especial, à sociedade brasileira. "Expressamos à família do Professor Aryon Rodrigues as nossas condolências, e ao Professor o nosso agradecimento, reconhecimento e homenagem. Sua contribuição e sua memória estarão sempre vivas entre nós", diz.
Tags:

publicidade

publicidade