SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

MEC manifesta pesar pela morte do conselheiro Benno Sander

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 02/05/2014 15:56

O Ministério da Educação manifesta pesar pela morte, no dia 29 último, em Niterói (RJ), do professor Benno Sander, 78 anos, conselheiro da Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação (CNE).

Bacharel e licenciado em letras pela Universidade Federal Fluminense (UFF), o conselheiro tinha especialidade em economia e planejamento educacional na Universidade de Harvard, nos Estados Unidos, antes de se tornar mestre e Ph.D em educação pela Universidade Católica das Américas, em Washington.

Sander teve atuação destacada na educação pública brasileira como professor titular da Universidade de Brasília (UnB) e da Universidade Federal Fluminense (UFF). No exterior, foi professor da Universidade de Harvard, da Universidade del Valle, na Colômbia, e da Faculdade Latino-Americana de Ciências Sociais (Flacso), em Buenos Aires.

Intelectual e político, integrou associações científicas e culturais e organizações não governamentais. Foi presidente da Associação Nacional de Política e Administração da Educação (Anpae), da Sociedade Interamericana de Administração da Educação e do Fórum Internacional de Política e Administração da Educação (InterEduc). Atuou ainda como representante residente da Organização dos Estados Americanos (OEA) no Brasil e na Argentina e como diretor de educação e desenvolvimento social da OEA em Washington.

No CNE desde julho de 2012, além das atribuições na Câmara de Educação Superior, participou de comissões específicas sobre temas como formação de professores, Plano Nacional de Educação (PNE), ensino religioso, relações internacionais, credenciamento institucional e revalidação de diplomas, dentre outros.


Fonte:Ascon/MEC

 

Tags:

publicidade

publicidade