SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Educação

Servidores cobram melhorias na educação e negociação com grevistas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/05/2014 10:55

Agência Brasil

Entidades sindicais que reúnem trabalhadores da educação realizaram, ontem, em Brasília, a Caravana da Educação Federal. Andes (Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior), Federação dos Sindicatos dos Trabalhadores das Universidades Públicas Brasileiras (Fasubra) e Sindicato Nacional dos Servidores Federais da Educação Básica e Profissional (Sinasefe), além de integrantes do movimento estudantil, cobraram melhorias para a área.

O grupo pressionou o governo federal pela abertura imediata das negociações com trabalhadores em greve - os técnico-administrativos das instituições federais de Ensino Superior (Ifes), que estão de greve desde o dia 17 de março, e os servidores federais da educação básica, profissional e tecnológica, em greve desde o dia 21 de abril.

Os manifestantes reivindicaram 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para educação, restruturação e unificação da carreira docente e direito às trinta horas de trabalho, no caso de técnico-administrativos. Eles também apontaram a necessidade de mais vagas e concursos públicos para professores e técnico-administrativos, aprimoramento das carreiras, com a valorização salarial de ativos e aposentados, e ampliação das condições de acesso à universidade, além de políticas de assistência para os estudantes.

De acordo com a presidenta do Andes-SN, Marinalva Oliveira, o ato defendeu melhores condições nas universidades e institutos federais. "Diante das péssimas condições de trabalho que estão existindo nas universidades e nos institutos, a desvalorização salarial das três categorias, os técnicos, estudantes e professores resolveram tirar o dia de hoje trazendo uma caravana com representantes de todo o Brasil para solicitar uma audiência com o ministro da Educação", afirmou.

O Ministério da Educação não recebeu o grupo. Procurado pela Agência Brasil, o ministério preferiu não se pronunciar.

Nesta quarta-feira (7), os servidores públicos federais realizarão nova marcha, na Esplanada dos Ministérios. O movimento é organizado pelo Fórum das Entidades Nacionais dos Servidores Públicos Federais e terá início às 9h, em frente à Catedral Metropolitana de Brasília.

Tags:

publicidade

publicidade