SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professora do IL recebe prêmio internacional

Anna More, do Departamento de Teoria Literária (TEL/IL), recebeu menção honrosa da Latin American Studies Association (LASA) pelo livro Baroque Sovereignty

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 18/06/2014 16:12

Agência UnB

Isa Lima/UnB Agência
A professora Anna More, do Departamento de Teoria Literária (TEL/IL) da UnB, recebeu menção honrosa da Latin American Studies Association (LASA), a maior associação profissional do mundo dedicada ao estudo da América Latina, pelo livro Baroque Sovereignty, publicado no ano passado pela editora University of Pennsylvania Press.

A premiação aconteceu durante o congresso anual da instituição, entre os dias 21 e 24 de maio, em Chicago, nos Estados Unidos.

“Foi uma pesquisa que, como muitos primeiros livros, começou na tese de doutorado, realizada na Universidade da Califórnia, em Estudos Hispânicos”, lembra Anna More. Durante mais de 10 anos, a pesquisadora estadunidense se debruçou sobre os textos de Carlos de Sigüenza y Góngora, um escritor mexicano do final do século XVII. “Ele foi o primeiro colecionador de manuscritos indígenas do México, era estudioso de várias ciências e almejava fundar uma noção local de história pré-colombiana”, explica More.

Baroque Sovereignty é o resultado dessa pesquisa, que se desenvolveu de maneira multidisciplinar, balizada em duas áreas do conhecimento: a História, empregada no esforço contínuo da autora de retratar o momento histórico em que foram produzidos os textos, e a Literatura, aplicada nas análises e na própria composição do livro. A obra possui 360 páginas e aborda todos os textos do escritor mexicano.

“Não foi uma tarefa fácil, mas acredito que tenha sido importante, pois ele [Sigüenza y Góngora] é reconhecido como uma figura importante, e ninguém antes, ou pelo menos desde 1920, havia lido todos os textos e tentado entender a continuidade destes tantos versos, dentro do marco maior da política local do período em que foi escrito”, defende a pesquisadora.
Isa Lima/UnB Agência

Esta é a primeira obra literária assinada por Anna More. No entanto, a professora já escreveu diversos capítulos de livros e artigos dentro da temática latino-americana. “Eu comecei com forte interesse no tema porque queria entender as bases, os fundamentos que pudessem explicar certas diferenças entre os Estados Unidos e a América Latina, que ainda se sentem na sociedade”, explica More.

Anna More começou sua investigação a partir da literatura contemporânea, com Carlos Fuentes, Gabriel García Márquez. “Mas eu ia cada vez com estudos mais profundos até chegar à época da colonização”, diz. “Meu interesse é sempre de uma pessoa que vem de fora. Para mim, até o pretexto, a razão de estudar história, é de um estrangeiro querendo entender uma diferença fundamental”, completa a professora.
Tags:

publicidade

publicidade