publicidade

Secretário de Educação apresenta agenda do ano letivo

Aulas nas 657 escolas públicas do DF começarão em 23 de fevereiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/01/2015 11:21 / atualizado em 08/01/2015 10:26

Agência Brasília

O secretário de Estado de Educação do Distrito Federal, Júlio Gregório, anunciou, nesta quarta-feira, mudanças no calendário escolar deste ano. O início das aulas será em 23 de fevereiro, e os professores voltam ao trabalho no dia 19. Pela programação antiga, os alunos retornariam em 9 de fevereiro aos 657 estabelecimentos públicos de ensino.

Não há tempo para comprar todo o mobiliário das escolas novas, reformar as carteiras antigas, pintar as instituições e adquirir insumos como papel e material de limpeza. “São reformas necessárias em todo fim de ano letivo”, explicou o secretário. “Esse adiamento foi necessário por causa das condições em que as escolas se encontram. Preferimos adiar a receber os alunos dessa maneira.”

As principais mudanças de datas ocorrerão no primeiro semestre. Para ajustar o cronograma, os alunos terão duas semanas de férias em julho. Antes, eram três. Representantes do Sindicato dos Professores (Sinpro-DF) foram informados sobre as alterações, durante reunião com o secretário de Educação e o secretário de Relações Institucionais e Sociais, Marcos Dantas.

Júlio Gregório esclareceu que o novo calendário nada tem a ver com as pendências financeiras com os professores da rede pública. “Mesmo que as férias tivessem sido pagas, teríamos que estudar o calendário inicial.” A Secretaria de Educação destinará cerca de R$ 11 milhões do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (PDAF) – fundo destinado a instituições da rede pública do DF – para as reformas.

publicidade

publicidade