publicidade

Posse

Instituto de Rondônia tem novo reitor em momento de expansão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/03/2015 10:51 / atualizado em 12/03/2015 10:52

Portal MEC

Tomou posse nesta terça-feira, 10, em cerimônia realizada no Ministério da Educação, o novo reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO), Uberlando Tiburtino. Durante a solenidade, o ministro da Educação interino, Luiz Cláudio Costa, ressaltou que os institutos federais têm enfrentado os desafios com brilhantismo desde sua criação.

 

“A grande inovação na educação brasileira nos últimos tempos foi a criação do modelo dos institutos, que têm papel fundamental no avanço econômico e social do país”, disse Costa. Ele ainda salientou que os reitores precisam estar atentos a todas as metas do Plano Nacional de Educação (PNE), não só às que se referem à educação superior. “Contamos com a comunidade acadêmica dos institutos para que o país possa cumprir o plano”, afirmou.

 

O secretário de educação profissional e tecnológica do MEC, Marcelo Feres, apontou o fortalecimento da educação profissional na região norte, em especial, no estado de Rondônia. Essa foi a primeira eleição direta para reitor no IFRO desde sua criação, em 2008.

 

O recém-empossado reitor Uberlando Tiburtino lembrou que há sete anos o instituto tinha apenas uma escola, com 750 vagas. Hoje, tem sete unidades que abrangem 25 dos 52 municípios de Rondônia e mais de 14 mil estudantes, do ensino médio à pós-graduação. “É a instituição com maior capilaridade no estado”, informou.

 

Tiburtino considera que este momento é o de consolidar ações e avançar no crescimento da pós-graduação e da pesquisa atrelada às demandas da região. Segundo ele, a melhoria dos indicadores de qualidade do IFRO, a qualificação de servidores e o aperfeiçoamento das políticas de assistência estudantil também estão entre os desafios de sua gestão.

 

Currículo – O professor Uberlando Tiburtino Leite é graduado em engenharia agronômica pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), especialista em administração pública pela Escola Nacional de Administração Pública (Enap), mestre em produção vegetal pela Universidade Federal do Ceará (UFC) e doutor em produção vegetal pela Universidade Federal de Viçosa (UFV). Ingressou na educação profissional e tecnológica em maio de 2004, como docente da Escola Agrotécnica Federal de Colorado do Oeste (EAFCO), na área de agronomia, onde ministrou várias disciplinas do curso técnico em agropecuária e dos cursos superiores de tecnologia em gestão ambiental e em laticínios. Foi coordenador-geral de produção e pesquisa da EAFCO, diretor-geral do campus Ariquemes do IFRO, membro titular do Conselho Superior do IFRO, e ocupou, desde maio de 2013, o cargo de Pró- -Reitor de Pesquisa, Inovação e Pós-Graduação do IFRO.

publicidade

publicidade