SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Mangabeira Unger quer mudar formação de professores e diretores de escolas

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 29/04/2015 14:07

Agência Câmara

O ministro-chefe da Secretaria de Assuntos Estratégicos da Presidência da República, Roberto Mangabeira Unger, defendeu há pouco mudanças na formação dos professores e na escolha de diretores das escolas. Ele participa de audiência da Comissão de Educação da Câmara dos Deputados.

Mangabeira propõe a criação de centros regionais de formação de diretores de escolas. “Diretores são muito importantes. Eles teriam que ser escolhidos entre os mais qualificados. A qualificação tem que ser o primeiro critério, mesmo que o segundo seja o processo eletivo”, disse.

Ele também quer mudança na formação de professores, com uma carreira nacional e a adoção de piso nacional salarial que permita a progressão funcional. “A ideia é propor aos estados diretrizes de uma carreira comum, nacional, e esta carreira de professor tem que ser vinculada ao piso salarial nacional, que tem que ser definido de modo a respeitar as diferenças regionais e que permita uma progressão dentro da carreira”, disse.

Mangabeira defende que os professores tenham dedicação exclusiva a apenas uma escola e que não ensine apenas uma disciplina, mas várias disciplinas dentro de uma área.

O ministro elaborou um projeto preliminar para implantação das metas do Plano Nacional de Educação (PNE) a pedido da presidente da República, Dilma Rousseff. Ele propõe também uma nova divisão de recursos e de responsabilidades entre União, estados e municípios, além de intervenção federal em escolas com baixo rendimento, e mudança radical nos currículos.

A audiência ocorre no plenário 10.

publicidade

publicidade