SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Professores do DF fazem ato em frente à Câmara Legislativa

Em apoio a docentes do Paraná, educadores de Brasília repudiam violência contra a classe

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/05/2015 11:25 / atualizado em 05/05/2015 12:45

Ana Paula Lisboa

Ana Paula Lisboa/CB/D.A Press
Depois de se vestirem de preto ao irem trabalhar na última segunda-feira (4), professores do Distrito Federal realizam ato, na manhã desta terça-feira (5), em frente à Câmara Legislativa. O objetivo é manifestar repúdio contra a violência que educadores do Paraná sofreram na última quarta-feira (4), quando foram às ruas de Curitiba contra projeto de lei que alteraria a previdência estadual. Cerca de 200 professores ficaram feridos na capital paranaense após ação da Polícia Militar, que usou bombas de gás, balas de borracha e jatos d'água.

 

O ato ocorre concomitantemente em outras cidades do  Brasil. Em frente à Câmara Legislativa de Brasília, estão professores, representantes de centrais sindicais e de movimentos de pais e alunos, que definem o caso como "uma batalha campal" e como uma "ação truculenta encabeçada pelo governador do Paraná, Beto Richa."

 

Os presentes pedem apoio de parlamentares da Câmara Legislativa e da população à causa e exigem respeito aos professores e a todos os profissionais que trabalham com educação. Os presentes também reclamaram da circular emitida pelo Governo do Distrito Federal que proíbe professores de se comunicarem com a imprensa sem autorização prévia e postarem imagens, vídeos e áudios nas redes sociais.

publicidade

publicidade