SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Brasileiro recebe bolsa em programa internacional de apoio a professores

Nove pesquisadores foram contemplados. Patrocinadora destinará US$ 400 mil para apoiar os avanços científicos nas áreas de pesquisa dos docentes

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/06/2015 14:27 / atualizado em 12/06/2015 14:30

A lista dos jovens acadêmicos que serão beneficiados pelo programa internacional de apoio à pesquisa DuPont Young Professor Class 2015 foi anunciada pela companhia DuPont. Para apoiar os avanços científicos nas áreas de pesquisa dos professores, a empresa destinará aos docentes, nos próximos três anos, US$ 400 mil, como parte de estratégia de estimular atividades de colaboração para o desenvolvimento de inovações que atendam as demandas decorrentes do crescimento da população. Entre os anunciados, o único brasileiro contemplado pela edição deste ano é o professor Roberto Fritsche Neto, da Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (Esalq/USP). Durante os dois anos de concessão da bolsa, os professores serão convidados para participar de eventos especiais e ter a oportunidade de interagir com a comunidade científica da empresa. Desde 1968, o programa destinou cerca de U$S 50 milhões para mais de 700 professores em mais de 140 instituições de 19 países. Nesta edição, foram contemplados com a bolsa pesquisadores de nove universidades. São eles: · Roberto Fritsche Neto, Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz da Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), Brasil. · Caixia Gao, Instituto de Genética e Desenvolvimento Biológico da Academia Chinesa de Ciências, China. · Andrew L. Goodman, Departamento de Patogênese Microbiana & Instituto de Ciência Microbiana da Universidade de Yale, Estados Unidos. · Gianni Liti, Instituto de Pesquisa sobre Câncer e Envelhecimento do Centre National de la Recherche Scientifique (CNRS), França. · C. Chang Liu, Departamento de Engenharia Biomédica e Química da Universidade da Califórnia, Irvine, Estados Unidos. · Bradley D. Olsen, Departamento de Engenharia Química do Instituto de Tecnologia de Massachusetts, Estados Unidos. · Bjørn Panyella Pedersen, Departamento de Biologia Molecular e Genética da Universidade de Aarhus, na Dinamarca. · William A. Philip, Departamento de Química e Engenharia Biomolecular da Universidade de Notre Dame, Estados Unidos. · Barry P. Rand, Departamento de Engenharia Elétrica & Centro Andlinger de Energia e Meio Ambiente da Universidade de Princeton, Estados Unidos.

publicidade

publicidade