publicidade

Professores de universidades em greve se reúnem com MEC

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/06/2015 10:18

Agência Brasil

Os professores de universidades federais em greve se reúnem hoje (23) com o Ministério da Educação. O encontro será entre o sindicato da categoria e a Secretaria de Educação Superior.

 

A paralisação dos docentes já dura 27 dias. Ontem, as Universidades de Santa Catarina e do Rio de Janeiro aderiram à paralisação.


O presidente da Andes, o Sindicato Nacional dos Docentes de Instituições de Ensino Superior, Paulo Rizzo conta as principais reivindicações.

Sonora: "O primeiro ponto é carreira e salário. O segundo são condições de trabalho, que se traduzem em verbas para universidades, para que sejam retomados os investimentos nas universidades e sejam garantidos concursos públicos para reposição dos quadros".


Ainda de acordo Paulo Rizzo, os professores reclamam do corte no orçamento para educação.


Sonora: "O MEC já promoveu dois cortes este ano. No início do ano, janeiro, fevereiro, março, foram cortados cerca de R$ 2,5 bilhões das universidades. E recentemente, com o anúncio do ajuste fiscal, estão sendo retirados R$ 9,4 bilhões do orçamento do Ministério da Educação, o que já está afetando vários programas". 


Até o momento cerca de 35 instituições federais em todo o país estão com as atividades suspensas.


O Ministério da Educação informou que só vai se pronunciar após o encontro de hoje.

publicidade

publicidade