publicidade

Professores para o Futuro

Participantes do programa farão segunda parte da capacitação

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 23/07/2015 10:22

Portal MEC

Após cinco meses na Finlândia, os 33 professores de institutos federais de educação, ciência e tecnologia participantes da segunda turma do programa Professores para o Futuro estão de volta ao Brasil. A segunda parte da capacitação consiste em aplicar em suas instituições de origem os conhecimentos adquiridos nas universidades finlandesas.

 

É o caso de Kelly de Oliveira Santos, professora da área de química do campus Ceilândia do Instituto Federal de Brasília (IFB). “Foi uma experiência radical, que mudará a nossa postura dentro de sala de aula e afetará de forma positiva a qualidade do ensino das nossas instituições”, observa.

 

O projeto de Kelly Oliveira, Nanotecnologia – da Universidade para a Sala de Aula, propõe o uso da nanotecnologia como tema para aulas de química, com possibilidade de adaptação para outras disciplinas, como física, matemática, biologia.  “Na Finlândia, a missão era compilar e elaborar uma série de experimentos simples e reprodutíveis. Agora, vamos aplicar em sala de aula”, explicou Kelly.

 

Já o professor do campus Belo Jardim do Instituto Federal de Pernambuco (IFPE), Ivanildo José de Melo Filho, começou a colher os frutos de sua capacitação antes mesmo de chegar ao Brasil. Ele foi convidado a apresentar dois artigos em importantes conferências na Suécia e na Finlândia, em junho último.

 

Os artigos, segundo Ivanildo José, consistem na concepção de um serviço que busca integrar atividades informais de aprendizagem com as atividades formais no âmbito da educação a distância. “O objetivo é possibilitar a professores e tutores que utilizam plataformas de ensino a distância um instrumento que permita acompanhar atividades informais de aprendizagem de seus alunos no ensino profissional”, esclarece.

 

Programa – Realizado pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação, em parceria com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), o programa Professores para o Futuro tem o objetivo de promover a capacitação em atividades de pesquisa aplicada e educação profissional aos professores dos institutos federais em universidades de ciências aplicadas da Finlândia.

publicidade

publicidade