publicidade

Grevistas vão paralisar atividades em escolas do Plano Piloto

Segundo Sinpro-DF, manifestação será pacífica e tem o objetivo de aumentar a adesão à greve

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/10/2015 13:49 / atualizado em 29/10/2015 15:57

Durante a tarde desta quarta-feira (28), professores grevistas pretendem organizar um piquetaço para paralisar as atividades das escolas da rede pública do Plano Piloto.

“Queremos retirar os professores e os alunos de sala para conversar com eles e fazer mais pessoas aderirem à greve. O objetivo é mostrar para a sociedade porque estamos lutando”, diz Cláudia Bullos, 48 anos, diretora do Sindicato dos Professores do Distrito Federal (Sinpro-DF). Gabriel Magno, 29, também diretor do sindicato, afirma que “o governo está demonstrando um desrespeito enorme e não quer negociar conosco”.

Segundo Magno, o piquetaço será feito de forma pacífica “para iniciar uma negociação” com o governador Rodrigo Rollemberg. A estimativa do Sinpro é de que entre 1 mil e 1,5 mil professores participem da manifestação. Desde a manhã desta quarta-feira, todas as regionais de ensino das cidades administrativas do Distrito Federal estão fechadas.

publicidade

publicidade