SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Idiomas sem Fronteiras

Professores de língua inglesa farão aperfeiçoamento nos EUA

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 28/12/2015 18:56 / atualizado em 28/12/2015 18:59

Portal MEC

 

Professores de língua inglesa da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica irão em janeiro próximo aos Estados Unidos para um período de capacitação. A iniciativa faz parte da estratégia do Ministério da Educação de investir na qualificação dos educadores brasileiros.

 

Os 75 professores, selecionados por meio de edital, apresentaram proposta de trabalho para o desenvolvimento de ações de ensino, pesquisa e extensão, por período mínimo de um ano, na instituição de origem ou em escolas da rede pública. A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do MEC recebeu mais de 150 projetos de professores de todo país.

Na seleção dos educadores foi exigida, como estabelece o programa Idiomas sem Fronteiras, a realização exame internacional Toefl [test of english as a foreign language – teste de inglês como língua estrangeira]. “Entre as contrapartidas dos bolsistas está a interface desse conhecimento com escolas públicas e a preparação de material didático”, afirmou a coordenadora de desenvolvimento de pessoas da Rede Federal, Nilva Celestina do Carmo.

 

Essas contrapartidas chamaram a atenção da professora Angela Lopes Norte, do Centro Federal de Educação Tecnológica Celso Suckow da Fonseca (Cefet-RJ), “Gosto de preparar material didático”, afirma Angela, que atua na pós-graduação para língua estrangeira. O conhecimento cultural nos Estados Unidos também vai ajudar a professora nos tópicos das aulas culturais na disciplina de línguas estrangeiras aplicadas a negócios internacionais.

 

Cultura — Fernando Augusto Torres de Faria, professor no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília (IFB), também foi atraído pelo conhecimento cultural que a capacitação nos Estados Unidos vai proporcionar. “Aprender uma língua sem entender a cultura é difícil”, observa.

 

Com especialização na Inglaterra, Fernando leciona inglês em cursos técnicos integrados, no ensino médio e para as turmas de automação industrial e ciência da computação. O objetivo do professor é avaliar o ensino de língua inglesa sob a ótica dos norte-americanos.

 

O programa prevê um período de até oito semanas de capacitação nas instituições associadas ao Northern Virginia Community College. A iniciativa de oferta do estágio dos educadores nos EUA, desenvolvida pela Setec em parceria com a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), destina-se a professores de inglês em atividade na Rede Federal. Fortalecer o domínio das habilidades linguísticas e estimular o uso de novas tecnologias e de recursos on-line no processo de formação continuada estão entre os objetivos da qualificação, além de proporcionar uma experiência in loco para o desenvolvimento do idioma.

publicidade

publicidade