SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Isto não é um cachimbo: curta será exibido de graça nesta quinta

Curta-metragem brasiliense aborda as fragilidades humanas, os efeitos e a degradação do crack na vida dos personagens. A sessão ocorrerá no teatro do Brasília Shopping, nesta quinta (15), a partir das 19hs

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/12/2016 15:30 / atualizado em 14/12/2016 15:48

Um diálogo sobre as fragilidades humanas e o consumo de drogas. Essa é a ideia do curta-metragem “Isto não é um cachimbo”, que será exibido gratuitamente nesta quinta-feira (15) no teatro do Brasília Shopping, a partir das 19hs. O filme retrata, de maneira poética, o efeito e a degradação do crack na vida dos personagens.

 

Saulo Cruz
 

 

O enredo conta a história do encontro de Daniel e de Laura com um velho amigo do passado, que os coloca em contato com a dor, a solidão, o êxtase, a alegria e a fúria. O cineasta e professor do curso de comunicação social do Centro Universitário Estácio, Allex Medrado, explica que o filme mexe com os expectadores e cria uma reflexão. “A gente quer com o filme trazer a essência do autoconhecimento. É necessário se vasculhar internamente”, afirma.

A produção já foi premiada com menção de honra ao mérito no festival de curta-metragem internacional de filmes para família contra o abuso e tráfico de drogas em Jakarta, na Indonésia, em maio deste ano. Além disso, o filme participou, também, da mostra de curtas brasileiros no Festival de Filmes de Norwich, em agosto, na Inglaterra. “Qualquer audio-imagem tem uma função de educar olhares. O nosso filme tem essa coisa de inquietar as pessoas que veem”, explica Allex Medrado.

O cineasta diz que já projetou o filme em unidades de internação do DF para meninas e meninos usuários de drogas para promover o debate sobre o que faz com que o indivíduo entre nessa situação.

 

Produção

Financiada com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do Distrito Federal (FAC), a produção do Coletivo Associação Cultural Intermedia Caliandra já teve uma primeira versão em 2012, que abordava o assunto de uma forma mais didática.

Os autores, então, decidiram criar uma vivência de autoconhecimento, o que permitiu tratar do tema de maneira mais sensível. O curta-metragem foi finalizado em 2015.

publicidade

publicidade