PESQUISA

Jornada científica homenageia ex-professor da UnB

Francisco Tourinho foi expoente no Brasil na área de líquidos magnéticos. Ele morreu em setembro do ano passado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/03/2017 18:30

Nos dias 9 e 10 de março, o Centro Internacional de Física da Matéria Condensada da UnB (CIFMC/IF) sedia a primeira Jornada Franco-Brasileira Francisco Tourinho. O evento, organizado em parceria com a embaixada da França, faz parte da campanha UnB 55 – Ciência e Ousadia. Interessados podem realizar inscrição no local.

A jornada homenageia o ex-professor da Universidade e cientista pioneiro na área de nanociência Francisco Augusto Tourinho. No encontro, haverá debates e palestras de pesquisadores e especialistas em nanomateriais avançados e líquidos magnéticos.

“A finalidade do evento é reunir, em forma de escola avançada, alguns dos mais ativos e renomados pesquisadores em nível internacional, em um fórum de discussão e de apresentação dos mais recentes resultados na área”, declara o professor do Instituto de Física da UnB Jérôme Depeyrot, coordenador do encontro.

LEGADO

Francisco Augusto Tourinho morreu em 17 de setembro de 2016. Ele faria 60 anos na sexta-feira (10). O docente estava ligado ao Instituto de Química da UnB e foi um importante expoente nas áreas de nanociência, nanotecnologia e nanobiotecnologia. No fim da década de 1980, Tourinho introduziu a pesquisa em Ferrofluidos (Líquidos Magnéticos) no Brasil.

“Sua partida deixou uma importante lacuna, mas seu legado está servindo de grande fonte de inspiração para a continuação do progresso de pesquisa na área de Líquidos Magnéticos no Brasil e na UnB”, reforça Jérôme Depeyrot.
ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

 

UnB Notícias