Trilhas da Educação

Professor de Rondônia cria aplicativo de celular para reforçar ensino

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 05/05/2017 19:50

 

Para chamar a atenção dos alunos e auxiliar no aprendizado em sala de aula, o professor de história Jadiael Rodrigues da Silva, do município de Candeias de Jamari (RO), resolveu usar a tecnologia. Ele criou um aplicativo de celular que ajuda a reforçar os conteúdos trabalhados em sala de aula, por meio de textos e atividades extras. Embora ainda esteja em fase de testes, a novidade já tem surtido efeito, segundo o professor.

 

Jadiael dá aula para os estudantes do ensino médio noturno da Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Carlos Drummond de Andrade, na região metropolitana de Porto Velho. O professor explica que os estudantes podem acessar pelo celular o plano de curso bimestral, as competências e habilidades esperadas e as formas de avaliação. Quase metade dos seus 240 alunos já baixaram o aplicativo, disponível na plataforma Android.

 

A ferramenta, segundo Jadiael, ainda facilita na hora de contextualizar conteúdos e mobilizar para as discussões em sala de aula. “Como essas tecnologias já estão incorporadas no cotidiano dos alunos, decidi criar um aplicativo voltado para a minha disciplina, para que eu pudesse interagir com meus alunos e buscar um atrativo para que eles gostassem e passassem a ter mais interesse pela história”, conta.

 

O professor, que leciona para os três anos do ensino médio, começou a testar o aplicativo há três meses. Apesar do pouco tempo, ele observa que os estudantes já demonstram maior interesse, especialmente os que viam a disciplina de história como algo ultrapassado.

 

Além disso, Jadiael garante que a possibilidade de interação é um diferencial. “O aplicativo se tornou uma extensão da sala de aula. O aluno pode interagir também com os colegas e comigo dentro do aplicativo”.  

 

Pela ferramenta, é possível gerar gráficos, relatórios, simulados e avaliar cada estudante por meio das tarefas disponíveis. O aplicativo envia os resultados para o professor, que pode gerar informações e relatórios por aluno e por turmas e saber como estão respondendo à disciplina.

 

Para o segundo semestre, Jadiael planeja utilizar a plataforma também no reforço dos estudos para a próxima edição do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), para os alunos do terceiro ano. A intenção é que os estudantes já possam se preparar para as provas e se acostumar com o formato do exame.

 

 

 

 

 

Portal MEC