SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Estudante de Alagoas vence a quinta edição do Concurso de Redação do Senado

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/10/2012 09:43 / atualizado em 11/10/2012 09:49

Agência Senado

A dissertação "Brasil, uma mãe gentil para os filhos de seus municípios", da estudante alagoana Layane Rayelle Silva Marinho, foi a campeã da quinta edição do Concurso de Redação do Senado. O anúncio dos três primeiros colocados foi feito nesta quarta-feira (10) pela secretária-geral da Mesa, Cláudia Lyra. Em segundo lugar ficou o texto "Minha cidade berço de um patrimônio imaterial", da representante de Minas Gerais, Bruna Clemente Gontijo, e o finalista do estado do Piauí, Rodrigo de Brito Sá, classificou-se com a terceira melhor redação do concurso: "Meu município: uma peça no quebra-cabeça brasileiro".

A secretária-geral qualificou como vencedores todos os selecionados nos estados e falou sobre a importância da parceria entre o Senado e as escolas no estímulo ao pensamento por meio da escrita e ao desenvolvimento dos estudantes como cidadãos.

- É a construção da cidadania que estamos trabalhando, quiçá o despertar de uma vocação de político, de parlamentar, para servir. Porque a política é serviço - explicou , referindo-se também à próxima etapa do programa Senado Jovem Brasileiro, do qual o concurso faz parte.

O passo seguinte é o projeto Jovem Senador, em que os autores das 27 redações finalistas exercem durante três dias, de forma simulada, o mandato de senador da República. Com apoio da equipe técnica e nas instalações reais do Senado, em Brasília, os estudantes participam de uma simulação em que representam seus estados, com posse em Plenário, eleição da Mesa, participação em comissões e apresentação de pré-projetos. Esses documentos são encaminhados e, quando subscritos por algum senador, passam a tramitar efetivamente na Casa.

Neste ano, o "mandato" será realizado entre 19 e 22 de novembro. Além da simulação, os jovens são premiados com notebook, medalha, certificado e publicação da sua redação no livreto produzido pelo Senado Federal. As escolas dos alunos classificados nos três primeiros lugares na etapa nacional recebem computadores (desktops), publicações técnicas e multimídia produzidas pelo Senado Federal, além de certificado de participação.

Avaliação
A comissão julgadora é composta por sete integrantes, sendo cinco servidores do Senado, um representante do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e um do Ministério da Educação. A avaliação é realizada com base em critérios pré-estabelecidos - apresentação e estrutura textual, correção gramatical e sintática e desenvolvimento do tema proposto. Depois de avaliar individualmente os 27 textos finalistas, os integrantes da comissão discutem para definir os três vencedores.
Tags:

publicidade

publicidade