SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

UnB reabre inscrições do vestibular na próxima sexta-feira (26)

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/10/2012 20:04 / atualizado em 19/10/2012 21:19

As inscrições para o 1º vestibular de 2013 da Universidade de Brasília (UnB)serão reabertas a partir da próxima sexta-feira (26/10). De acordo com o novo edital divulgado hoje (19) pelo Centro de Seleção e de Promoção de Eventos (Cespe), o prazo termina em 9 de novembro.

As provas, que estavam previstas para 8 e 9 de dezembro no edital de abertura, serão aplicadas em 12 e 13 de janeiro. As inscrições haviam sido suspensas para readequadação do edital de acordo com a Lei de Cotas Socias, Lei nº 12.711 de 12 de agosto de 2012, regulamentada por meio de decreto em 11 de outubro.

O edital da terceira etapa do Programa de Avaliação Seriada (PAS) também será adaptado ao novo Sistema de Cotas para as escolas públicas, que será divulgado na próxima semana e trará 305 vagas reservadas para esse sistema.

Com a novidade, das 2.092 vagas oferecidas, 305 estão reservadas para candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita e aos demais candidatos que cursaram integralmente o ensino médio em escolas públicas com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita. Nas duas faixas de renda, há ainda a reserva de vagas para negros, pardos ou indígenas.

Do total de vagas do vestibular, 20% continuam a ser oferecidas pelo Sistema de Cotas para Negros, que continua como antes. Os candidatos inscritos para concorrerem prioritariamente nesse sistema serão convocados para entrevista pessoal antes da realização das provas.

Cálculo

As cotas foram calculadas com base no percentual de 12,5% das vagas de cada curso. Os cálculos que resultaram em vagas fracionadas foram arredondados para o número inteiro acima.

Quem se inscrever para o Sistema de Cotas para Escolas Públicas deverá optar por concorrer prioritariamente às vagas reservadas aos candidatos com renda familiar bruta igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, ou às vagas reservadas aos candidatos com renda familiar bruta superior a 1,5 salário mínimo per capita.

Deverão, ainda, optar por concorrer prioritariamente às vagas reservadas aos candidatos negros, pardos ou indígenas, ou às vagas reservadas aos candidatos de escolas públicas que não se declararam pretos, pardos ou indígenas.

Para comprovar que concluiu integralmente o ensino médio em escola pública, o candidato terá que apresentar uma lista de documentos, que serão definidos em comunicado previsto para ser divulgado na próxima quinta-feira (25/10). A apuração e a comprovação da renda familiar bruta per capita tomarão por base as informações prestadas e os documentos fornecidos.

Confira reportagem da TV Brasília:

Tags:

publicidade

publicidade