SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Enem é chance de recomeço para quem terminou ensino médio há muitos anos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/11/2012 12:59 / atualizado em 04/11/2012 14:28

A chegada ao segundo dia de provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) 2012 neste domingo (4/11) foi tranquila. O hoteleiro Alexandre Sousa, 37 anos, está preocupado com a parte de matemática, tema no qual ele tem dificuldade. É a primeira vez que ele faz o Enem e tem o objetivo de fazer o curso superior em turismo numa universidade pública.

Ele saiu do Brasil há 17 anos para trabalhar em Portugal assim que terminou o ensino médio. Alexandre voltou este ano e resolveu fazer o Enem. Ele conta que não teve nenhuma preparação anterior e achou que a prova seria mais fácil. "Acho que hoje será ainda mais difícil, porque tenho dificuldade em matemática", afirma.

Novos candidatos
Já para Amanda Barroso, 17 anos, aluna do 3º ano do ensino médio, o exame foi mais fácil em comparação com o vestibular. "Acho que isso se deve ao fato de que o Brasil inteiro faz a prova", opina.Ela pretende cursar o ensino superior em São Paulo ou Fortaleza, por isso recorreu ao Enem.  Para se preparar, leu muito e procurou se informar em jornais.

Adhamys Kheyzy, 19 anos, se destaca dos demais candidatos. O estudante pintou o cabelo de verde com a esperança de melhorar o rendimento na prova e diz que só vai tirar a tinta quando passar para medicina. "O cabelo verde é para me estimular a estudar mais", explica.

Atrasados
Com o fechamento dos portões às 13h em ponto, alguns candidatos perderam o segundo dia de provas por poucos minutos. Foi o caso do estudante Juan Cortes, 14 anos, que mora em São Sebastião. O rapaz se inscreveu no exame para treinar. "Eu fiz mais por experiência. Infelizmente, não deu", conta.

Morador de Ceilândia Norte, Luis Felipe Santana Santos pretendia usar o Enem para conseguir a faculdade de matemática, mas chegou ao local de provas com três minutos de atraso. "O ônibus demorou e o motorista veio devagar", lamenta.
Tags:

publicidade

publicidade