SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Biblioteca itinerante chega a dez bairros do Rio de Janeiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 07/11/2012 16:08

Moradores de dez bairros das zonas norte e oeste do Rio contam a partir de hoje (7) com uma nova fonte literária. O Projeto Livro nas Praças é uma biblioteca itinerante com 1,5 mil livros de variados temas e gêneros para adultos, jovens e crianças.

Durante seis meses, o ônibus-biblioteca irá toda semana aos bairros. A iniciativa é resultado de uma parceria entre empresas privadas e a Secretaria Municipal de Cultura, que emprestou todos os exemplares.

Para a idealizadora do projeto, Cristina Figueiredo, a intenção é incentivar o hábito da leitura entre os moradores dessas regiões, que carecem de bibliotecas. “Existe uma carência muito grande ainda no Rio de Janeiro de bibliotecas. Tanto é que estamos indo para dez bairros grandes, como Madureira, Maré e Cascadura. Esses lugares não possuem bibliotecas, então as pessoas não têm como procurar por livros”, ressaltou.

O subsecretário municipal de Cultura, Valter Santos, destacou que o projeto leva cultura para lugares onde antes não havia. “É muito importante que a gente vá ao encontro da população e não exija das pessoas um deslocamento que muitas vezes é muito difícil”, disse.

Quem vive em bairros e comunidades carentes de cultura sabe que o incentivo à leitura pode mudar a vida das pessoas. É o caso do monitor Otávio Júnior, que trabalha no Livro nas Praças, e apaixonou-se pela literatura aos 8 anos de idade após achar um livro no lixo. Morador do Complexo do Alemão, Júnior superou as dificuldades e tornou-se escritor. “É possível mudar de vida a partir da leitura. Eu sou a prova viva disso”, comentou.

O lançamento do projeto teve a apresentação do cordelista Otávio Sombra, que contou história de um de seus livros para um público muito atento de crianças e adultos. A estudante Jeniffer Vitória, de 10 anos, gostou da apresentação e pediu que sejam feitas com regularidade. “Seria bom se todos os dias tivessem uma pessoa contando histórias e lendo livros para a gente”, disse.

De acordo com organizadores do Livros na Praça, está em estudo a prorrogação do projeto. O objetivo é levar a biblioteca itinerante para demais bairros da capital fluminense.

Tags:

publicidade

publicidade