SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Trabalho

Justiça suspende concurso da CEB

Apesar da medida, informação não constava até ontem do site da banca organizadora, que ainda aceitava inscrições dos candidatos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2012 08:00 / atualizado em 07/11/2012 12:33

Larissa Domingues

Adauto Cruz
Por conta de decisão da 7ª Vara da Fazenda Pública do Distrito Federal, o concurso promovido pela Companhia Energética de Brasília (CEB) para formar cadastro de reserva está suspenso até segunda ordem. A empresa e a banca Exatus, responsável pelo certame, divulgou edital ontem informando a paralisação das inscrições e da seleção. De acordo com a Justiça, há divergência entre os valores das taxas de inscrição constantes do edital e aqueles que foram cotados pela organizadora no pregão nº 17/2012. A CEB informou ao Correio que trabalha para retomar o certame o mais rapidamente possível.

Apesar de o prazo de inscrições estar suspenso, até o fechamento desta edição era possível se cadastrar por meio do endereço da banca organizadora. Não havia comunicado sobre a paralisação do concurso nem no site da CEB nem no da Exatus. O aviso foi publicado apenas no Diário Oficial do Distrito Federal, o que restringiu o acesso de todos os candidatos à informação.

Salários

O processo seletivo foi elaborado para formar cadastro de reserva de profissionais de níveis médio e superior. Segundo o edital de abertura do concurso, os salários variam de R$ 1.099,29 a R$ 4.410,20, nos primeiros 90 dias de experiência, e sobem para a faixa de R$ 1.312,60 a R$ 5.266,01 após a efetivação. Os aprovados ainda terão direito a plano de saúde contributivo extensivo aos dependentes, auxílio-alimentação de R$ 821,48 e plano previdenciário, entre outros benefícios. Todos os candidatos passarão por exames escritos; haverá também prova prática e avaliações física e psicológica e de títulos. Os aprovados em algumas especialidades terão ainda que passar por cursos de formação.

1,2 mil vagas no Dnit
Profissionais de níveis médio e superior que queiram ingressar no serviço público têm uma nova chance de alcançar o objetivo. O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) lançou edital de concurso público com oferta de 1,2 mil vagas efetivas. Organizada pela Escola de Administração Fazendária (Esaf), a seleção contará com duas provas objetivas e discursivas para todos os candidatos inscritos. A primeira fase está marcada para 20 de janeiro de 2013.

Quem tem ensino médio pode tentar os cargos de técnico administrativo (área administrativa) e técnico de suporte em infraestrutura de transportes (estradas, laboratório e topografia), com salários que podem chegar a R$ 3.545,88.

Os candidatos com curso superior poderão disputar vagas para postos de analista administrativo (áreas contábil, de tecnologia da informação e administrativa) e analista em infraestrutura de transportes (áreas ambiental, de geoprocessamento e de engenharia civil). Neste caso, as remunerações são mais altas e vão até R$ 7.815,81.

Prazo

Os interessados podem se inscrever entre os dias 12 e 30 de novembro, pelo site www.esaf.fazenda.gov.br. A taxa de inscrição varia de R$ 50 a R$ 100, dependendo do cargo pretendido. Há vagas para as sedes da autarquia, localizadas no Distrito Federal e no Rio de Janeiro, e também para as representações do Dnit em todos os estados do país.

Devido à remuneração atrativa, os especialistas preveem que a disputa pelos postos deverá ser acirrada e a nota de corte, alta. Por isso, recomendam aos candidatos que procurem se preparar bem para as provas, observando quais os conteúdos que serão exigidos em disciplinas como língua portuguesa, além das matérias específicas ligadas à função que, se aprovados, irão desempenhar.

Fique atento

Dnit
Vagas: 1,2 mil
Escolaridade: níveis médio e superior
Cargos: técnico e analista
Organizadora:
Esaf
Inscrições: de 12 a 30 de novembro
Site: www.esaf.fazenda.gov.br
Provas: objetivas e discursivas; primeira fase em 20/01/2013

Provas da Anatel

Candidatos às 46 vagas do concurso da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) devem se preparar. As avaliações objetivas e discursivas estão marcadas para 18 de novembro, a partir das 8h para quem tem graduação, e a partir das 15h para quem possui diploma de nível médio. As informações foram publicadas na segunda-feira no Diário Oficial da União. Para os graduados, haverá ainda avaliação de títulos e curso de formação de 80 horas.

Tags:

publicidade

publicidade