SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Sisu tem 1,2 milhão de inscritos e deve chegar a 2 milhões até sexta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/01/2013 15:53 / atualizado em 09/01/2013 10:57

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) conta com 1,2 milhão inscritos até agora. A previsão é de que esse número aumente para 2 milhões até sexta-feira (11), quando termina o prazo. O anúncio foi feito pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante, durante coletiva de imprensa na tarde desta terça-feira (8/1). O curso mais concorrido é o de medicina e a universidade mais procurada pelos candidatos é Federal do Ceará (UFC).

Foi liberada hoje a consulta às notas de corte para os cursos oferecidos, referente ao primeiro dia de inscrições. Os candidatos podem acessar pelo site do sistema. A expectativa é que a próxima nota de corte seja divulgada na madrugada de quarta-feira (9/1). O resultado corresponde à menor nota para o estudante ter chances de ficar entre os possíveis selecionados e é calculado uma vez por dia para cada curso.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a nota de corte é apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da inscrição, mas não garante que ele será selecionado para a vaga ofertada.

Durante o período de inscrição, que vai até sexta-feira (11/1), o candidato poderá consultar no boletim individual no site do Sisu a classificação parcial na opção de curso escolhido. Porém, só no fim do período de inscrições é que será divulgada a lista de selecionados.

Mudança de opção
O ministro recomendou ainda que os estudantes fiquem atentos às notas de corte divulgadas diariamente, e avaliem as opções disponíveis conforme o quadro de notas for se modificando.

"É importante que o candidato escolha o curso diante de uma análise consciente da nota que obteve, do número de vagas disponíveis no curso escolhido e da quantidade de concorrentes já inscritos", Mercadante ressaltou.

Até o momento, foram computadas 709.936 mudanças de opção e curso, conforme anunciou o Mec.

Se o aluno perceber que não tem condições de entrar, é melhor ele optar por outras instituições e, talvez, outros cursos correlatos à formação desejada", explicou o ministro da Educação.

A mais disputada
A Universidade Federal do Ceará (UFC) está, atualmente, em primeiro lugar entre as instituições de ensino superior mais procuradas do Brasil. Até a tarde desta terça, a UFC registrou 135.188 inscrições de 88.194 candidatos.

O curso de medicina da unversidade cearense é o mais concorrido do país. Com apenas 140 vagas, a formação já registra mais de 9 mil inscritos. A nota mínima atual para aprovação é de 781,82. Uma vez por dia, o Sisu calcula a nota de corte para cada curso com base no número de vagas disponíveis e no total dos candidatos inscritos naquele curso, por modalidade de concorrência, o que significa que essa média irá mudar conforme as novas inscrições e desistências registradas ao longo do período de inscrição.

Instituições mais concorridas
Nome da IES Vagas Candidatos Inscrições
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ 6258 88194 135188
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO 4745 98455 123919
UNIVERSIDADE FEDERAL FLUMINENSE 4789 59032 75874
UNIVERSIDADE FEDERAL RURAL DE PERNAMBUCO 3240 44920 71333
UNIVERSIDADE FEDERAL DE ALAGOAS 5168 43466 70116
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SÃO CARLOS 2553 51673 67457
UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ 3550 38818 55929
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS 2728 31692 52924
UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO 5123 33042 49652
UNIVERSIDADE FEDERAL DO MARANHÃO 2198 31778 49591


Cursos mais concorridos
Nome da instituição Nome do curso Vagas Inscrições Nota de corte
UNIVERSIDADE FEDERAL DO CEARÁ MEDICINA 140 9748 781,82
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MEDICINA 67 7027 819,27
UNIVERSIDADE FEDERAL DE JUIZ DE FORA MEDICINA 63 6941 791,78
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO DIREITO 126 6893 783,39
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ACRE MEDICINA 28 5321 738,56
UNIVERSIDADE FEDERAL DE PELOTAS MEDICINA 54 3991 780,46
FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DE CIÊNCIAS DA SAÚDE DE PORTO ALEGRE MEDICINA 77 3913 794,42
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MEDICINA 67 3898 781,28
UNIVERSIDADE FEDERAL DO AMAZONAS MEDICINA 49 3860 753,18
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO PSICOLOGIA 63 3802 739,94


Notas de corte mais altas
Nome da IES Nome do curso Nota de corte
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MEDICINA 819,27
UNIVERSIDADE FEDERAL DE UBERLÂNDIA MEDICINA 813,03
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO MEDICINA 808,70
UNIVERSIDADE FEDERAL DE OURO PRETO MEDICINA 808,56
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ ENGENHARIA DE BIOPROCESSOS E BIOTECNOLOGIA 808,12
UNIVERSIDADE FEDERAL DO ESTADO DO RIO DE JANEIRO MEDICINA 807,84
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ MEDICINA 806,52
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO MEDICINA 805,93
UNIVERSIDADE FEDERAL DO PARANÁ COMUNICAÇÃO SOCIAL 804,38
UNIVERSIDADE FEDERAL DO RIO DE JANEIRO ENGENHARIA QUÍMICA 802,05



Regras
Podem concorrer às vagas no Sisu os estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2012 e não zeraram a redação. O candidato pode fazer opções por até dois cursos e pode mudar as opções durante o período de inscrição. Será considerada válida a última inscrição confirmada. A primeira edição de 2013 do sistema oferece 129 mil vagas em 101 instituições públicas de ensino superior.

Confira o calendário da primeira edição de 2013 do Sisu
7 de janeiro a 11 de janeiro – Período de inscrições
14 de janeiro – Resultado da 1ª chamada
18 de janeiro a 22 de janeiro – Matrícula da 1ª chamada
28 de janeiro – Resultado da 2ª chamada
28 de janeiro a 8 fevereiro – Prazo para participar da lista de espera
1º, 4 e 5 de fevereiro – Matrícula da 2ª chamada
18 de fevereiro – Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições

Tags:

publicidade

publicidade