SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Primeiros colocados do vestibular da UnB comemoram a aprovação

No câmpus Darcy Ribeiro, o melhor desempenho foi de uma candidata ao curso de medicina, que também passou na prova do PAS, na semana passada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 04/03/2013 19:41 / atualizado em 05/03/2013 13:36

Mariana Niederauer , Ana Pompeu

Monique Renne/CB/D.A Press
Rafaella Ferreira de Araujo Litvin, 16 anos, ficou sabendo do sucesso no vestibular de medicina da Universidade de Brasília (UnB) após receber ligações do Cespe e da mãe. As duas gritaram ao telefone e comemoraram quando receberam a notícia. Ela foi a primeira colocada no câmpus Darcy Ribeiro. A surpresa foi ainda maior porque, na semana passada, o nome da jovem também estava na lista de aprovados do Programa de Avaliação Seriada (PAS) da instituição. "Como eu sabia que queria medicina, sempre estudei muito, porque tinha consciência de que o curso era difícil", conta. Rafaella diz que não esperava passar no vestibular, por ser uma prova mais concorrida.

A surpresa também tomou conta do estudante Felipe Parreira, 18 anos, que ficou em segundo lugar no câmpus Darcy Ribeiro e em primeiro no curso de engenharia civil. "Eu não esperava. Foi o meu presente de aniversário, pois o segundo dia de provas foi o meu aniversário", lembra. Ele também foi aprovado no PAS e em primeiro lugar, só que para o curso de medicina. Agora, ele terá apenas alguns dias para escolher o curso, até o registro do vestibular, na quinta e na sexta-feira (7 e 8/3).

Arquivo pessoal / Reprodução
"Eu tenho que resolver logo, mas ainda não decidi", conta. O irmão engenheiro inspirou a opção do vestibular, mas toda a família defende que Felipe se torne médico. Na cabeça do estudante ainda paira a dúvida. Apesar de gostar muito de matemárica e física, ela acredita que pode fazer pesquisas interessantes na medicina, na área de neurologia, por exemplo, e se realizar na profissão. "Estou um pouco nervoso, mas acho que vai dar certo no fim." Como na semana passada, quando passou no PAS, o jovem foi à igreja comemorar o resultado.

A primeira colocada do câmpus de Planaltina, Saila Silva Velloso, 18 anos, foi aprovada para o curso de ciências naturais. "Eu gosto muito da natureza e de desenvolver projetos de sustentabilidade", conta. A preocupação com o meio ambiente é o que a incentivou a escolher o curso. Saila sempre estudou na rede pública de ensino e concorreu pelo sistema de cotas para alunos de escolas públicas. "A escola pública tem qualidade sim e se a pessoa quer ela consegue", defende. Quando o resultado saiu, a caloura estava estudando numa biblioteca. Ao ver que havia sido aprovado, ela comelou a gritar e a chorar. Irmãs e pais se reuniram para comemorar a conquista da jovem. "Quando eu vi que era a primeira colocada, simplesmente não acreditei, foi muito emocionante", relata.

Arquivo pessoal/ Reprodução
Tiago Medeiros Mendonça, 16 anos, foi o primeiro colocado no câmpus de Ceilândia, e prestou o vestibular para o curso de enfermagem. Como ainda não terminou o ensino médio, ele não vai se matricular no curso. "Foi uma surpresa, porque eu pensei que não seria aprovado, mas passei em primeiro lugar", comemora. O objetivo do jovem é cursar medicina. Ele quer se tornar pesquisador e buscar a cura para doenças


publicidade

publicidade