SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Plataforma on-line oferece conteúdo para vestibulares e Enem

Várias aulas são ministradas ao vivo e o site conta com mais de 1 milhão de inscrições

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 12/03/2013 17:01 / atualizado em 12/03/2013 17:27

Mariana Niederauer

Aulas preparatórias para vestibulares e para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acessíveis a um clique e a baixo custo. Essa é a proposta do site Descomplica, que oferece conteúdos gravados e ao vivo sobre as diversas disciplinas que são cobradas nas principais seleções de universitários do país. A proposta é simples, mas tem potencial para ajudar milhares de estudantes no país.

Até agora, são mais de 1 milhão de inscritos. A maioria (87%) é de estudantes com renda inferior a 10 salários mínimos, sendo que 50% têm renda inferior a cinco salários mínimos. A acessibilidade do conteúdo a alunos que não têm condições de pagar cursinhos, que estão cada dia mais caros, é um dos objetivos do site. O plano anual custa menos de R$ 10 por mês.

Reprodução Internet


A plataforma multimídia conta com mais de 2,5 mil vídeoaulas de química, física, matemática, português, biologia, geografia, história e redação e oferece cursos ao vivo, monitoria, correção de redações e um fórum de perguntas e respostas com mais de duas mil questões respondidas para alunos em fase pré-vestibular. Os estados com maior número de participantes são São Paulo, Minas Gerais e Rio de Janeiro.

Em Brasília, mais de 45 mil alunos estão inscritos. Felipe Santos Monteiro, 22 anos, é um deles e usa a ferramenta para complementar os estudos. Ela busca uma vaga para o curso de medicina e prestou as provas da Universidade de Brasília (UnB), da Universidade Federal do Tocantins (UFT) e da Escola Superior de Ciências da Saúde (ESCS), além do Enem.

“Eu acessava a plataforma desde o ano passado, mas a conta era gratuita. Em outubro, comecei o plano annual. Faço aulas de revisão, questionários e sempre que posso assisto às aulas ao vivo. Tive um rendimento melhor tanto no Enem quanto nos vestibulares que fiz”, relata Felipe. “Os professores são muito bons, e tem uma coisa que é fundamental: eles resolvem muitos exercícios”, completa.

Arquivo pessoal
O estudante também faz aulas em um cursinho e, em vez de contratar um professor particular para tirar as dúvidas, resolveu apostar no Descomplica. Para Felipe, as aulas on-line ajudam a otimizar o estudo no período em que ele está em casa, uma vez que costuma chegar cansado.

Mudança

As mudanças tecnológicas começam a influenciar a educação, mas, para o criador do Descomplica, Marco Fisbhen, vai demorar até que elas sejam totalmente incorporadas. “A tecnologia vai entrar na educação, mas vai levar mais seis anos”, aposta. Professor de cursinhos há 15 anos, ele busca formas de facilitar o aprendizado do aluno e também o trabalho do professor em sala de aula.

O próximo passo é criar um banco de questões grátis para que os professores possam montar provas em pouco tempo e com o nível de dificuldade desejado; videoaulas reforçando boas práticas de ensino; e download também gratuito de power points para algumas aulas. Fisbhen acredita que esse apoio pode ajudar os docentes a trabalharem os conteúdos em sala de aula.

publicidade

publicidade