SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Universidades suecas lançam desafio na internet para estudantes brasileiros

Competição online deve atrair estudantes interessados em participar do programa de bolsas de estudos Ciência sem Fronteiras

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 14/03/2013 19:01 / atualizado em 14/03/2013 19:12

Está aberto o desafio Suécia-Brasil Sem Fronteiras. A ação on line deve atrair estudantes brasileiros que desejem concorrer a uma oportunidade para explorar a Suécia, um país de inovação e tecnologia de ponta. Os interessados têm até 7 de abril para acessar o site do concurso e participar.

Para entrar no desafio, o estudante deve se cadastrar no site e criar uma conta. Em seguida, o candidato deverá responder 10 questões sobre conhecimentos gerais e curiosidades sobre a Suécia e as relações do país europeu com o Brasil. Há também um questionário com 10 questões sobre indústria, educação e inovação na Suécia, e um teste em que o aluno precisará escrever um depoimento pessoal com, no máximo 300 palavras, para compartilhar nas redes sociais.

Seis finalistas serão escolhidos e deverão gravar um vídeo de dois minutos sobre o tema “Escolha uma invenção sueca e nos conte como ela facilita sua vida no Brasil”. As regras de participação estão detalhadas no site.

São parceiras na ação várias universidades suecas, entre elas a Stockholm University e a Uppsala, que estão no ranking Top 100 do Academic Ranking of World Universities 2012. Também são associadas a Chalmers, KTH, Linköping, BTH, Borås, Lund, Linné, Luleå, Malmö, Mitt Universitetet, Mälardalen, Skövde e Umeå.

Os dois primeiros colocados no desafio vão ganhar viagem de uma semana para a Suécia, com passagens e acomodação pagas. Lá, eles terão oportunidade de fazer visitas a empresas suecas e universidades. Além disso, os finalistas concorrerão a uma vaga de estágio de um mês no Centro de Pesquisa e Inovação Brasil-Suécia (CISB) - fundado pela SAAB, empresa sueca líder em tecnologia nos setores aeroespacial, defesa e segurança civil.

Longa relação
O principal objetivo da ação é atrair estudantes que tenham interesse em estudar na Suécia por intermédio do programa de bolsas do Ciência sem Fronteiras. A ligação entre os dois países não começa com esse programa. Há décadas, ambos são parceiros estratégicos e trabalham para promover o desenvolvimento sustentável. Além disso, a Suécia tem grande capacidade de se adaptar aos novos desafios globais.

Por causa da longa relação, a Suécia disponibiliza para brasileiros mais de 2 mil bolsas de estudo, de diversos níveis de formação, em 26 universidades com alto nível de qualidade de ensino. Com didática focada em trabalhos que são realizados em equipe, o estudante bolsista pode estar perto das mais novas tendências em tecnologia e desenvolvimento sustentável. Atualmente o país acolhe mais de 35 mil estudantes e pesquisadores estrangeiros que buscam novos desafios de aprendizagem.

Tags:

publicidade

publicidade