SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Trabalho

72 oportunidades na Caixa

As chances são para engenheiros e médicos do trabalho. Os salários vão de R$ 4 mil a R$ 8 mil. As inscrições começam dia 28

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 19/03/2013 19:00 / atualizado em 19/03/2013 12:16

Larissa Domingues , Lorena Pacheco

Daniel Ferreira
A Caixa Econômica Federal lançou ontem concurso com a oferta de 72 vagas para preenchimento imediato e de formação de cadastro reserva para os cargos de engenheiro civil e médico do trabalho. Cinco por cento das chances são para pessoas com deficiência. Os interessados devem se inscrever entre 28 de março e 19 de abril, pelo site www.concursosfcc.com.br, da Fundação Carlos Chagas (FCC), a banca organizadora. A taxa de participação vai de R$ 97 a R$ 140.

As remunerações previstas em edital são de R$ 8.315 para engenheiro, cuja jornada laboral é de oito horas diárias, e de R$ 4.158 para médicos, que trabalharão quatro horas por dia. Só para o Distrito Federal estão disponíveis 23 oportunidades, além do cadastro reserva. Há ainda chances para Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Espírito Santo, Minas Gerais, Rio de Janeiro, São Paulo, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amazonas e Ceará.

Os candidatos passarão por provas objetivas e discursivas — previstas para 19 de maio —, além de avaliação de títulos. Serão cobrados conhecimentos gerais, de língua portuguesa, de informática, de ética e os específicos de cada cargo. Os engenheiros ainda responderão questões sobre matemática, raciocínio lógico e direito. Os médicos também devem ter noções de direito.

Ricardo Oliveira, professor de curso preparatório, conta que se sai bem nas avaliações elaboradas pela FCC o candidato que gosta de ler. “É uma prova que valoriza quem estuda. Não costuma trazer muitas surpresas. É bem distribuída e coerente. Para cargos de nível superior, é uma das melhores organizadoras.”

TRT-2
O Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (TRT-2), com jurisdição em São Paulo, lançou ontem edital para contratar 140 juizes do trabalho substitutos. Exigem-se dos candidatos graduação em direito e o mínimo de três anos de atividade jurídica. O salário inicial é de R$ 21.766,15. Os interessados responderão prova objetiva com questões sobre direito coletivo e individual do trabalho, direitos administrativo, penal, processual do trabalho, constitucional, civil, da criança e do adolescente, processual civil, internacional, comunitário, previdenciário e empresarial.

Além disso, o concurso contará com prova discursiva, sindicância pregressa, exame de sanidade física e mental, prova oral e avaliação de títulos. A inscrição preliminar já está aberta — pode ser feita até 16 de abril, pelo site www.trtsp.jus.br. A taxa custa R$ 200. Os aprovados ainda farão curso de formação na Escola Nacional de Formação e Aperfeiçoamento de Magistrados do Trabalho, em Brasília.

Concurso autorizado O Ministério do Planejamento autorizou ontem que o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) faça novo concurso. A pasta tem agora seis meses para publicar o edital da seleção. Haverá oferta de 736 oportunidades efetivas, das quais 422 serão para reposição de pessoal e 314 para substituição dos profissionais terceirizados que atuam nos Laboratórios Nacionais Agropecuários e demais unidades ligadas ao Mapa.

Haverá vagas para fiscal federal agropecuário, agente de atividades agropecuárias, agente de inspeção sanitária e industrial de produtos de origem animal, administrador, agente administrativo, bibliotecário, contador, economista, engenheiro, engenheiro agrônomo, geógrafo, psicólogo, técnico em contabilidade, auxiliar de laboratório e técnico de laboratório.

O último concurso lançado pelo Mapa foi em 2009. Foram oferecidas 288 chances, sendo 257 de nível médio (agente administrativo) e 31 de superior (administrador, contador, economista e analista de sistemas). Os salários, à época, variaram de R$ 2.067,30 a R$ 2.643,28. Sob a organização da Fundação Dom Cintra da Universidade Católica de Petrópolis, os candidatos foram submetidos a provas objetivas e discursivas. (LP)


» Disputado

O certame do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) registrou 84.184 inscrições para as 110 vagas oferecidas na seleção cuja prova objetiva será aplicada no próximo dia 24. A concorrência é, portanto, de 792 pessoas por oportunidade. Os candidatos já podem conferir os locais de prova no site www.cespe.unb.br, do Centro de Seleção e Promoção de Eventos (Cespe). As questões deverão ser respondidas em até quatro horas e meia. 

Tags:

publicidade

publicidade