SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Inscrições de privados de liberdade crescem 28,13%

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 08/11/2013 12:52 / atualizado em 08/11/2013 13:10

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para pessoas privadas de liberdade e para aquelas que cumprem medidas socioeducativas terá 30 mil participantes em 2013 — crescimento de 28,13% em relação a 2012. No ano passado, o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) registrou 23,6 mil inscritos. Em 2011, 14,1 mil; em 2010, 14,4 mil.

As provas serão realizadas nos dias 3 e 4 de dezembro próximo, nas unidades prisionais e socioeducativas. No primeiro dia, as de ciências humanas e suas tecnologias e de ciências da natureza e suas tecnologias, com duração de 4 horas e 30 minutos. No segundo dia, as de linguagens, códigos e suas tecnologias, redação e matemática, com duração de 5 horas e 30 minutos.

Participarão do exame homens e mulheres cujas unidades prisionais e socioeducativas firmaram termo de compromisso com o Inep. "O Enem é um exame altamente inclusivo e possibilitará que esses participantes concorram a vagas na educação superior e obtenham certificação do ensino médio", disse o presidente do instituto, Luiz Cláudio Costa.

As inscrições foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição. Eles também estarão encarregados do acesso aos resultados, da divulgação das informações do exame aos inscritos e do encaminhamento dos candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a outros programas de acesso à educação superior.

 

 

                                           Confira o número de inscritos por unidade da Federação 


 

Fonte: Inep

Tags:

publicidade

publicidade