SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

Cespe tem contratos investigados por órgãos federais de controle

Irregularidades em contratos geraram danos ao erário de, pelo menos, R$ 43 mil entre 2009 e 2010.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.

postado em 11/11/2013 12:07 / atualizado em 11/11/2013 12:09

Antonio Temóteo

Daniel Ferreira
Principal organizador de concursos públicos e vestibulares do país, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB) é investigado pelo Ministério Público Federal (MPF) e pela Controladoria-Geral da União (CGU). Relatório de auditoria do órgão de controle da Presidência da República, obtido com exclusividade pelo Correio, aponta irregularidades em contratos que geraram danos ao erário de, pelo menos, R$ 43 mil entre 2009 e 2010. Além disso, o documento detalhou que servidores públicos receberam pagamentos indevidos de horas extras e adicionais de insalubridade.

Leia mais notícias de Economia

O relatório da CGU foi elaborado a pedido da Procuradoria da República no Distrito Federal (PR/DF), que instaurou inquérito civil, em maio de 2010, após receber uma denúncia para investigar irregularidades no Cespe. Em novembro do mesmo ano, a PR/DF solicitou à controladoria a abertura de auditoria, que foi concluída somente dois anos depois, em novembro de 2012.

A matéria completa está disponível aqui para assinantes. Para assinar, clique aqui.
Tags:

publicidade

publicidade