SIGA O
Correio Braziliense

publicidade

TRABALHO »

PM suspeito de fraude é preso

Flagrado utilizando celular durante a prova da PCDF, policial militar pode pegar até quatro anos de reclusão, além de pagar multa

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
Um policial militar foi preso após ser flagrado utilizando um aparelho celular durante as provas do concurso da Polícia Civil do Distrito Federal (PCDF), no último domingo, segundo informou a própria Polícia Civil. O suspeito fazia a avaliação na faculdade Iesb, na 914 Sul e foi conduzido à 1ª DP. Ele foi autuado em flagrante e pode ser condenado à pena de um a quatro anos de detenção e a pagar multa.

Concurseiros dizem, nas redes sociais, que o policial, na verdade, estava com um ponto eletrônico no tênis, e não com um celular. Alguns candidatos argumentam que “se ele entrou na sala de prova com esse equipamento, outras pessoas também podem ter conseguido a mesma coisa”.

Outro estudante que preferiu não se identificar denunciou a existência de uma máfia de Manaus atuando para burlar o concurso. De acordo com ele, o suspeito atende por soldado Pereira e trabalha no Batalhão de Aviação Operacional da Polícia Militar do Distrito Federal (Bavop).O Correio tentou falar com o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos da Universidade de Brasília (Cespe/UnB), a banca organizadora, mas não conseguiu contato até o fechamento desta edição.

O certame


O certame oferece 300 vagas imediatas e 600 para formação de cadastro reserva. Todos para agente da corporação. O salário é de R$ 7.890,05. Foram inscritas 28.472 pessoas, o que gera concorrência média de 94 candidatos por chance. As provas foram compostas por questões de língua portuguesa, noções de informática, raciocínio lógico, atualidades, noções de direito constitucional, administrativo, penal, processual penal, legislação específica e penal extravagante. A seleção também conta com teste de capacidade física, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa, investigação social, avaliação de títulos e curso de formação profissional.
Tags:

publicidade

publicidade